Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Zaida Sanches lança colectânea que ensina crianças a cuidar do planeta e saber mais sobre direitos humanos e diversidade

Cidade da Praia, 09 Jul (Inforpress) – A escritora infanto-juvenil Zaida Sanches apresentou hoje, na Biblioteca Nacional, Cidade da Praia, uma coletânea de três livros que ensina as crianças a cuidar do planeta e a saber mais sobre direitos humanos e a diversidade.

A coletânea, que inclui o conto “O Planeta Mágico”, “O Planeta Azul” e “Sou Diferente”, é, segundo a escritora, em declarações à imprensa, um desafio que visa transformar crianças conscientes em adultos transformadores em questões relacionadas com o meio ambiente, direitos humanos e diversidade.

“São três livros que, em forma de contos, ensinam os mais jovens como respeitar os direitos, do ambiente e, neste caso falamos da água e o objectivo é sensibilizar as crianças a terem atitudes ecológicas. O terceiro livro é redondo e fala da diversidade”, disse.

No livro “O Planeta Azul”, que aborda a temática da água, realçou a escritora, o personagem se transforma em elementos da natureza diante das ameaças de extinção, ensina o que fazer e como fazer para salvar o planeta.

Já o livro redondo, considerado o mais integrante e que fala de diversidade, é segundo a autora, uma “grande aventura” já que ao entrar na biblioteca, por ser de formato diferente, vai enfrentar vários desafios relacionados com a diversidade e inclusão.

“Os três livros deixam recomendações no sentido de salvarmos o ambiente, de vermos no outro um amigo e irmão para construirmos o mundo fraterno e digno como indica a carta dos direitos humanos”, acrescentou.

A coletânea, realçou a autora, pode servir de suporte aos professores para poderem abordar os vários conceitos com os alunos na sala da aula.

A apresentação do livro esteve a cargo da primeira-dama, Lígia Fonseca, da professora e escritora Fátima Bettencourt, e do sociólogo e escritor Nardi Sousa.

Zaida Sanches, que é formada em Ciências da Comunicação e pós-graduada em Ciência Política, e também em Diplomacia, lançou em 2009, a sua primeira obra “Colecção Stera” de quatro contos infanto-juvenis, cujo objectivo foi o de preservar aspectos da tradição cabo-verdiana.

PC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos