Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Yani Moniz Serra é um autista que quer ser militar para defender o país

Cidade da Praia, 02 Abr (Inforpress) – Yani Moniz Serra é um adolescente que vive com o espectro da síndrome de autismo, sonha ser militar para defender o seu país e tem a língua portuguesa como a língua do coração.

Yani Moniz Serra fez essas revelações à Inforpress quando falava dos seus gostos numa entrevista a propósito do Dia Mundial de Conscientização do Autismo, que se assinala hoje.

O adolescente de 15 anos, estuda 9º ano na escola Mira Flores e foi acompanhado na entrevista pela fonoaudióloga Deisy Rodrigues, pois, os indivíduos com síndrome de autismo são tímidos e para falar têm de ter confiança.

Isso porque, explica a especialista, toda a pessoa autista apresenta dificuldade na comunicação.

Desta forma, e respeitando o tempo da comunicação do Yani Moniz Serra, a Inforpress ficou a saber que o adolescente gosta de estudar, andar de bicicleta e de jogar basquetebol.

“Não sou muito bom no futebol, mas basquetebol é o meu jogo preferido. Gosto também de estar no computador a jogar e ver filmes”, disse.

Na escola onde a inclusão do adolescente autista é sempre um tema inquietante frente às propostas de educação inclusiva, principalmente em se considerando que a síndrome traz consigo uma série de características que têm sido usadas como argumento para a não inserção escolar, Yani Moniz Serra confessa que gosta de estudar para tirar boas notas na língua portuguesa.

“Quando criança sofri muito bullying, mas actualmente já os meus colegas não me perseguem, pois, gosto muito de falar com eles e trocar impressões sobre jogos de comando, de correr e fazer outras coisas”, ajuntou.

No entanto, reconhece que às vezes existem momentos de falta de entendimento com os colegas e até professores, razão porque disse não gostar de levantar dedos muitas vezes para tirar dúvidas.

O mar é também outra paixão de Yani Moniz Serra, que diz gostar de andar de “barquinho”.

A música e a dança são também outras descobertas deste jovem autista, que disse ter dançado com a tia e gostou “muito”.

Esta foi a conversa que a Inforpress manteve com Yani Serra, pois, uma das características do maior obstáculo das pessoas autistas para manter boa relação social é a comunicação.

PC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos