Vendedeiras de sucupira criticam concorrência e pedem melhoria na organização do mercado

26-02-2024 16:50

Cidade da Praia, 26 Fev (Inforpress) – As vendedeiras do mercado de Sucupira reclamaram hoje da concorrência dos colegas que vendem à beira das estradas e que “tem afectado” as suas vendas e pedem melhoria na organização para que todos tenham oportunidade de venda.

Em declarações à Inforpress, Mariza Fernandes manifestou-se insatisfeita com esta situação e pediu melhoria, após a conclusão das obras de reabilitação das estradas à volta do mercado de sucupira, em curso, onde diz que há espaço suficiente para todos os vendedores que estão na rua.

“Quando as pessoas vêm comprar e encontram tudo o que precisam na rua, nós que estamos aqui dentro ficamos sem vender. Mas se todos forem obrigados a permanecer aqui no espaço todos vamos vender”, afirmou pedindo ordem, até porque, frisou, a maioria dos que estão na rua tem espaço lá dentro mas mesmo assim vão para a estrada em busca de melhor venda.

Também a vendedeira “Dade” manifestou-se indignada com isso, tendo criticado que não há justiça em condições, uma vez que, reclamou, "há ordem que beneficia uns enquanto outros ficam penalizados".

“Há injustiça nas ruas e em todos os lugares", reforçou, lembrando que a estrada não é para vendedeiras, para serem ocupadas com negócios, mas sim, para circulação de carros.

Segundo disse ainda dos que estão nas ruas, a maioria não paga imposto enquanto que eles cumprindo a regra de boa organização e convivência são obrigados a pagar, caso contrário são-lhes colocados cadeados nas suas barracas.

“Se todos ficamos aqui dentro ficaríamos mais organizados, mas se os clientes encontrarem todos os produtos de que precisam na rua é claro que não vão perder tempo a entrar à procura do que precisam", concordou Ofélia Carvalho, para quem estão a conseguir vender algum produto por milagre de Deus, até porque, lamentou, a venda não tem sido boa.

Também Lúcia Semedo, e tantos outros entrevistados, concordam que é preciso melhorar a organização em benefício de todos e manifestam-se esperançosos em dias melhores.

ET/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


20-06-2024 14:33
20-06-2024 14:04
20-06-2024 13:57
20-06-2024 13:36
20-06-2024 13:33