Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro vai dar formação a docentes cabo-verdianos

26-02-2024 21:20

Vila Real, 26 Fev  (Inforpress) - Uma comitiva da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) vai a Cabo Verde, em Março, dar formação a docentes nas áreas das ciências agrárias e da enologia, divulgou hoje a instituição.

O anúncio foi feito no âmbito da visita do embaixador de Cabo Verde em Portugal, Eurico Correia Monteiro, tendo o reitor da UTAD, Emídio Gomes, anunciado que a comitiva vai deslocar-se ao país africano entre 16 e 20 de Março "para firmar parcerias com a Universidade de Cabo Verde (Uni-CV)".

"A UTAD é a casa de todos os estudantes cabo-verdianos, mas queremos fazer mais do que trabalhar a captação de estudantes internacionais. Queremos ajudar na formação dos docentes das universidades da lusofonia, algo que já está a acontecer em Cabo Verde e este é o caminho da consolidação que queremos seguir", afirmou o reitor, citado num comunicado.

Emídio Gomes acrescentou que, em breve, a formação será alargada a outras áreas estratégicas para o país, nomeadamente "as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) ou a engenharia civil".

Por seu turno, Eurico Monteiro declarou que, sendo Cabo Verde um país pobre em recursos naturais, tem de apostar nos recursos humanos e na sua formação, aproveitando a sua capacidade humana para "organizar o sistema económico-social e para que este possa ser a alavanca de desenvolvimento do país".

"Cabo Verde tem de fazer parcerias com outras instituições se quer atingir níveis elevados de qualificação. Esta parceria com a UTAD, nomeadamente na área agrária, é um exemplo disso", frisou o embaixador.

Depois do recuo da taxa de analfabetismo e da aposta na rede escolar de 1.º ciclo, o ensino secundário já está presente em 23 concelhos cabo-verdianos e o país tem apostado no ensino profissional e no ensino universitário, referiu.
 
Inforpress/Lusa/Fim
 

Notícias Recentes


20-06-2024 14:52
20-06-2024 14:45
20-06-2024 14:42
20-06-2024 14:40
20-06-2024 14:33