União Africana ganha novo complexo laboratorial do centro pan-africano de vacinas

21-02-2024 14:09

Cidade da Praia, 21 Fev (Inforpress) - Pelo menos 56 milhões de dólares americanos é o montante disponibilizado pela Agência de Redução de Ameaças da Defesa dos EUA (DTRA) para a construção do novo complexo laboratorial do Centro Pan-Africano de Vacinas Veterinárias da União Africana.

A informação, confirmada em Adis Abeba pela Comissária da UA Josefa Correia Sacko, foi avançada à Inforpress pela assessoria da diplomata.

A diplomata que avançou estes dados durante a cerimónia de lançamento da primeira pedra do novo complexo laboratorial de classe mundial, disse que isto vai garantir que todas as actividades sejam devidamente implementadas de acordo com as melhores práticas em matéria de biossegurança e biosseguridade, bem como, estar adequada às normas internacionais.

“Hoje é, portanto, um dia especial na história do AU-PANVAC, pois estamos a avançar com o lançamento do novo complexo laboratorial, que irá aumentar a capacidade do centro para apoiar o controlo das doenças animais”, sublinhou, adiantando que as novas instalações permitirão realizar as suas actividades de acordo com as normas internacionais e as melhores práticas.

Aquela responsável, garantiu que as actuais instalações existentes não permitem que o AU-PANVAC cumpra adequadamente o seu mandato devido ao aumento constante da procura de serviços por parte dos Estados membros, no controlo de qualidade dos lotes de vacinas, o apoio técnico, a formação e o número de conjunto de diagnóstico a produzir.

No seu entender a produção pecuária em África enfrenta muitos desafios devido o imperativo que estas doenças afectam animais, também serem uma ameaça para a saúde pública, os meios de subsistência e a segurança alimentar em África .

“No contexto africano, a vacinação é a escolha mais adequada para o controlo e a erradicação das doenças animais. É, por isso, muito importante que as vacinas administradas aos animais para o controlo das doenças sejam de elevada qualidade”, assegurou a Comissária da UA.

O AU-PANVAC, na sigla em inglês, é um gabinete técnico especializado sob a alçada do Departamento de Agricultura, Desenvolvimento Rural, Economia Azul e Ambiente Sustentável (ARBE) da Comissão da União Africana, sediada na Etiópia.

Tem o mandato de produzir e distribuir reagentes biológicos essenciais para a vigilância e o diagnóstico de doenças animais, assegura a preparação e resposta de emergência a eventuais surtos de peste bovina e outras doenças animais em África, presta também formação regular aos Estados-Membros e transfere novas tecnologias de produção de vacinas.

SR/CP

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


21-06-2024 22:18
21-06-2024 20:26
21-06-2024 20:23
21-06-2024 20:12
21-06-2024 19:35