São Lourenço dos Órgãos: Câmara promete melhorar acessibilidades em Pico d´Antónia com foco na promoção da Festa de Cinzas

14-02-2024 20:11

João Teves, 14 Fev (Inforpress) – O vereador da Cultura, Valdano Furtado, disse hoje que a Câmara Municipal de São Lourenço dos Órgãos vai continuar a melhorar as acessibilidades em Pico d´Antónia, com intuito de atrair mais pessoas para o tradicional almoço de Cinzas.

O autarca laurentino, que falava à imprensa, em Pico d´Antónia, assegurou ainda que a edilidade vai continuar a realizar actividades culturais e desportivas nas festividades de Cinzas naquela localidade rural, que antecederam o tradicional almoço de Cinzas.

Valdano Furtado disse acreditar que tais investimentos vão ajudar a manter viva esta manifestação cultural da ilha de Santiago, que é celebrada de “forma rija” em Pico d’ Antónia, cujas famílias abrem as suas portas para receberem todas as pessoas que por ali passarem.

Conforme lembrou, o município liderado por Carlos Vasconcelos, em parceria com a população, vem “revitalizando” esta manifestação cultural da ilha de Santiago, com a realização todos os anos de uma feira de Cinzas a condizer com o tradicional almoço que acontece anualmente numa localidade desse município santiaguense, e ainda uma tarde cultural.

No entanto, notou que esta festa é da comunidade e são as famílias e amigos que fazem com que a mesma aconteça, não obstante, a edilidade ser um “parceiro forte”.

Questionado se a pouca afluência de pessoas não põe em causa a celebração desta festa, Valdano Furtado disse que não, sustentado que a festa de Cinzas continua a ser comemorada da mesma forma que outrora por todas as famílias de Pico d’ Antónia.

De entre os fenómenos que poderão estar na origem da pouca movimentação de pessoas, apontou a realização de evento do tipo em outros municípios de Santiago Norte, como São Miguel, e da ilha de Santiago, emigração juvenil, aumento de custo de vida e do preço de transporte.

Mesmo com a previsão da presença de poucas pessoas, as que deslocaram à Pico de Antónia foram recebidas de “braços abertos” e com uma mesa “farta” com diversos pratos, desde xerém, arroz, congo verde (sem carne), cozido de peixe seco e de legumes, feijão, em forma de “trutxida” com coco e ovo, e cuscuz de milho e camoca com mel e leite, como sobremesa.

No dia de Cinzas, segundo os religiosos, a Igreja recomenda não só a abstinência de carne como também o jejum.

Entretanto, em Cabo Verde, mormente no interior da ilha de Santiago, muitas pessoas se deixam levar pela tradição cultural e as residências são recheadas de pratos tradicionais.

Para além da ilha de Santiago, onde a população quer manter viva esta manifestação cultural, as Cinzas são também festejadas de forma assinalável nas ilhas do Maio, Fogo e Brava.

Em Santiago Norte, com excepção do município de São Salvador do Mundo, os demais cinco municípios organizaram mais uma edição da “Feira de Cinzas”, disponibilizando os principais ingredientes para a confecção do tradicional almoço desta quarta-feira de Cinzas.

Também em São Miguel, no âmbito da segunda edição do “Calheta Gastrofest Cinzas”, considerado “mais um micro-produto temático turístico”, promoveu hoje na Praia de Calhetona um festival de música, que com previsão de arranque a partir das 15:00 e com término previsto para as 22:00.

Além dos 22 talentos locais, o evento musical que terá entrada livre, vai contar ainda com artistas como Titio de Belo Freire e Camoka com o “fenómeno cotxi pó”, Leydy Indira, Lejemea, Jonatthon, MC Acondize, MC Prego Prego e MC Tranka Fulha.

FM/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


14-06-2024 0:17
14-06-2024 1:25
13-06-2024 22:05
13-06-2024 19:49
13-06-2024 19:04