São Domingos: Localidade de Baía vai ter pólo educativo orçado em 78 mil contos  

13-02-2024 17:15

Cidade da Praia, 13 Fev (Inforpress) - A localidade de Baía, na Freguesia de Nossa Senhora da Luz, em São Domingos, vai ter, dentro de dois anos, um pólo educativo denominado “Papa Francisco”, orçado em cerca de 78 mil contos, anunciou hoje o pároco Paulo Borges.

A primeira pedra para a construção dessa estrutura educativa foi lançada esta terça-feira numa cerimónia presidida pelo cardeal Dom Arlindo Furtado, na presença do presidente da Câmara Municipal de São Domingos, Isaías Varela, do delegado escolar e de outras entidades.

O pároco da freguesia, Paulo Borges, explicou que o projecto nasceu num contexto de integração territorial porque a freguesia de Nossa Senhora da Luz está “completamente abandonada, em todos os níveis”, ou seja, todas as infraestruturas estão concentradas no concelho de São Domingos.

"Chegando cá como pároco, vendo o território, a dispersão das comunidades e das populações, a primeira coisa que me veio a alma é ajudar as crianças a minimizar a distância para poder ter um melhor rendimento escolar, melhor aproveitamento e, sobretudo, ajudar os pais a minimizar os custos porque o concelho de São Domingos é muito pobre, sobretudo a freguesia de Nossa Senhora da Luz”, precisou.

Segundo disse, ter dinheiro para transporte constitui um grande esforço para todos.

Perante esta situação, Paulo Borges realçou que é necessário ter um centro educativo na zona da Baía, que, segundo o mesmo, irá servir também todas as comunidades do litoral que vai da zona de Castelo Branco até Vale da Custa.

No seu entender, trata-se de uma infraestrutura “muito importante” que irá contribuir e servir toda a comunidade, mas sobretudo as crianças que são obrigadas a deslocar-se a São Domingos para frequentar a escola.

O responsável que adiantou que a paróquia depende de financiamento externo, disse que o projecto final está orçado em cerca de 700 mil euros, aproximadamente 78 mil contos.

"Com ajuda de Deus e o apoio das instituições eu acho que em dois anos a obra estará concluída", referiu.

Na ocasião, o cardeal e bispo de Santiago, Dom Arlindo Furtado, saudou o pároco local, a comunidade da Baía e todos aqueles que vão dar o seu contributo para a concretização deste “sonho”, que, segundo disse, desde a primeira hora contou com o apoio da Diocese.

"Esta zona, de facto, estava a precisar, foi uma bênção de Deus", apontou o cardeal sublinhando que a educação é a base e faz a parte da missão fundamental da igreja que é ajudar os homens e mulheres a serem mais humanos pessoalmente.

O projecto irá ocupar uma área de 1.313 metros quadrados (m²) e será composto por dois pisos.

AV/CP

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


14-06-2024 9:54
14-06-2024 9:45
14-06-2024 0:17
14-06-2024 1:25
13-06-2024 22:05