Santo Antão/Planalto Leste: Bombeiros vão retomar campanha de sensibilização para prevenir incêndios florestais

20-02-2024 13:27

Porto Novo, 20 Fev (Inforpress) – Os bombeiros voluntários do Porto Novo, em Santo Antão, vão retomar, ainda em Fevereiro, a campanha de informação e sensibilização das populações no Planalto Leste, com vista à prevenção de incêndios florestais nesse perímetro.

A informação foi avançada à Inforpress pelo comandante do Corpo dos Bombeiros do Porto Novo, Balbino Gomes, que disse que vai articular com a câmara municipal e outras instituições ligadas à Protecção Civil, visando a retoma da campanha, numa altura em que se tem registado incêndios no Planalto Leste.

Nos últimos tempos, ocorreram pelo menos três incêndios no Planalto Leste, o último dos quais na segunda-feira,19, nas zonas de Esponjeiro e Chã de Mato, que atingiu dois hectares de terrenos agrícolas e florestais.

Uma situação que preocupa os Serviços da Protecção Civil, avançou o comandante dos bombeiros do Porto Novo, corporação que deseja rapidamente retomar as acções de informação e sensibilização no Planalto Leste, para prevenir incêndios nas zonas agrícolas e florestais.

Este responsável disse à Inforpress que a protecção das zonas florestais, designadamente do perímetro do Planalto Leste, constitui uma aposta do Corpo dos Bombeiros do Porto Novo, que, no quadro do seu programa de actividades, pretende dar continuidade às acções de sensibilização das populações.

Os bombeiros voluntários do Porto Novo têm estado a reivindicar melhores condições no exercício das suas responsabilidades, exigindo, entre outros aspectos, a profissionalização de um grupo de soldados da paz e a criação de um serviço de piquete para funcionar 24 horas seguidas.

A Câmara Municipal do Porto Novo tem inscrito no seu plano de investimentos para 2024 uma verba de um milhar de contos para a informação e sensibilização ambiental, com incidência sobretudo na protecção das zonas florestais neste município.

O perímetro do Planalto Leste não registava fogos florestais desde 2018, quando deflagrou nesse perímetro um incêndio de grandes proporções, o maior até agora registado em Santo Antão, que consumiu 200 hectares da floresta e terrenos agrícolas.

Criada há mais de 150 anos, a floresta do Planalto Leste, com 1.600 hectares de extensão, foi declarada reserva florestal em 1990. 

JM/AA
Inforpress/Fim 

Notícias Recentes


20-06-2024 22:21
20-06-2024 21:52
20-06-2024 21:37
20-06-2024 21:14
20-06-2024 20:57