Santa Catarina: Ministro da Energia considera que município terá um "papel importante" no processo de transição energética

16-02-2024 20:15

Assomada, 16 Fev (Inforpress) – O ministro da Indústria, Comércio e Energia, Alexandre Monteiro, considerou hoje que o município, devido à sua centralidade na região Santiago Norte, terá um “contributo importante” aderindo aos transportes eléctricos.

Este governante fez esta consideração em declarações à imprensa, em Assomada, após o acto de socialização do programa de Mobilidade Eléctrica e apresentação da visão e estratégia do país na promoção dos veículos eléctricos, aos condutores de transporte público e instituições públicas, seguido da inauguração do posto de carregamento de carros eléctricos no município.

Segundo o ministro, o que ficou patente no encontro é que os transportes colectivos de passageiros circulam mais e “circulando mais, utilizando solução sustentável vai dar um grande contributo para a redução da emissão no país”.

Alexandre Monteiro explicou que a “mobilidade eléctrica é importante” porque permite aos carros utilizar soluções de baterias eléctricas, associadas a energias renováveis no carregamento dos veículos eléctricos.

Sobre o encontro com os operadores de transporte no município, sublinhou que foi apresentada a estratégia da introdução da mobilidade eléctrica no país, assim como o programa de incentivos existentes para estimular a introdução de veículos eléctricos e todo o quadro que está a ser preparado para aumentar a confiança quer em termos de infra-estruturas públicas de recarga e acções de formação para preparar a assistência e manutenção dos carros eléctricos.

Este governante evidenciou que está a ser criado um ecossistema e um “ambiente mais favorável” para a introdução de veículos eléctricos no país, avançando que “a resposta tem sido boa”.

Por seu turno, a presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, Jassira Monteiro, congratulou-se com o primeiro posto de carregamento eléctrico no município, realçando que agora já existe a infra-estrutura e que vão ser dados os passos para ter o equipamento, neste caso viaturas.

Neste sentido, avançou que a autarquia, em concertação com o Governo, vai criar incentivos para que os munícipes de Santa Catarina tenham carros eléctricos, seja para o serviço de táxi, seja para o transporte público.

Igualmente, sublinhou que é um processo que vão analisar juntamente com a associação dos condutores e de todos os condutores do município para se aperceber como podem facilitar a criação das políticas de incentivo para que as pessoas tenham carros eléctricos, mas também se aperceber todo o acompanhamento depois de ter carro eléctrico, nomeadamente a manutenção, carregamentos, entre outras questões.

Sendo assim, sustentou que é preciso uma união para perceber como é possível trabalhar na transição eléctrica no município e dar o contributo a nível nacional.

O acto em Santa Catarina foi presenciado também pela directora regional da Agência Alemã para a Cooperação Internacional, (GIZ), Ulrike Ebeling.

A região Santiago Norte já existem postos de abastecimento nos municípios de Santa Cruz, São Miguel, Tarrafal e Santa Catarina, ficando agora os municípios de São Lourenço dos Órgãos e São Salvador do Mundo.

O projecto Promoção da Mobilidade Eléctrica em Cabo Verde (ProMEC) é promovido pelo Governo de Cabo Verde, através do Ministério da Indústria, Comércio e Energia e financiado pelo Mitigation Action Facility.

MC/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-06-2024 19:52
19-06-2024 19:42
19-06-2024 19:30
19-06-2024 19:17
19-06-2024 19:02