Praia: Dia da Não Violência Escolar e Educação para a Paz assinalado com marcha envolvendo 200 crianças

31-01-2024 0:08

Cidade da Praia, 30 Jan (Inforpress) – A Fundação Donana realizou uma marcha alusiva ao Dia da Não Violência Escolar e Educação para a Paz, assinalado hoje, com participação de 200 crianças da Escola Adventista, visando sensibilizar a sociedade para a cultura da paz.

A iniciativa foi realizada no âmbito do projecto rede de escolas parceiras da Fundação Donana para a formação em educação para a cidadania.

Em declarações à imprensa, a presidente da Fundação Donana, Ana Maria Hopffer Almada, informou que durante o dia vão ser desenvolvidas várias actividades, as quais objectivam a educação para a cultura da paz e da não-violência na escola, envolvendo estudantes desde o pré-primário até ao 8º ano de escolaridade.

“A violência não é só nas escolas, está em toda nossa sociedade, violência contra as crianças, contra as mulheres, animais, ambiente, e há violência também nas redes sociais por exemplo, fofocas, calúnias, injúrias, tudo isso é violência”, afirmou.

Por isso, considerou que é necessário lutar contra a violência, tendo advertido que violência não se combate com repressão, mas sim na prevenção.

“E a prevenção começa aqui, nessas crianças, 200 crianças hoje passaram a semana inteira a preparar todo esse material que vão estar a utilizar nesta marcha e vão sensibilizar toda esta comunidade para a problemática da violência na nossa sociedade e no mundo inteiro”, avançou.

Apelou, neste sentido, para que todos trabalhem – professores, educadores, família, igreja e sociedade – pela educação criando condições para a transmissão de valores de modo que haja “menos violência, mais paz, mais concórdia e mais amor”.

“Portanto, juntemos todos e trabalhemos para a construção da paz, só assim é que podemos ter uma sociedade mais justa, mais humana, mais respeitadora dos direitos das pessoas e só assim é que podemos viver na paz e em harmonia, pensar sempre no outro, colocar no lugar do outro, essa é a máxima da paz”, sintetizou.

ET/AA

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-06-2024 21:01
19-06-2024 20:22
19-06-2024 19:52
19-06-2024 19:42
19-06-2024 19:30