Praia: Condutores e pedestres reclamam da má colocação de canteiros de Planta no centro do Plateau

04-03-2024 12:15

Cidade da Praia, 04 Mar (Inforpress) - Alguns condutores e pedestres queixam-se da “má” colocação de canteiros de planta no centro do Plateau, na cidade da Praia, e afirmam que a obra ainda em marcha tem acarretado problemas na execução de manobras.

A Agência Cabo-verdiana de Notícias, Inforpress, conseguiu apurar junto de alguns condutores e pedestres que a obra que ainda decorre, tem contribuído para o congestionamento das vias, na demora para a realização de manobras, na passagem de peões, dentre outros problemas.

O condutor Danilo Correia, em entrevista à Inforpress, destacou que Plateau tem uma das avenidas mais movimentadas da Capital e que a forma como os canteiros estão sendo construídos reduz o tamanho das vias, gerando congestionamento no trânsito.

“O espaço que está sendo usado para a construção dos canteiros é muito amplo e dificulta a saída e entrada de veículos nos parques de estacionamento, já houve casos, como por exemplo, em frente à empresa Impar, quando um veículo sai do entroncamento, os outros veículos de ambos os lados têm de parar para que a manobra aconteça, uma autêntica complicação”, lamentou.

Sublinhou ainda que Plateau já é “bastante embaraçado” e ficou mais ainda complexo com a construção dos canteiros que, segundo o mesmo, mais à frente as plantas que serão colocadas poderão reduzir a visibilidade no trânsito.

No entender do condutor “Joca”, trata-se de uma via que necessita de mais espaço para facilitar a circulação de veículos, mas, no entanto, estão a tornar as vias mais estreitas.

“Compreendemos que no centro do Plateau não há áreas verdes, mas, no entanto, era uma obra que deveria ser mais bem pensada”, considerou.

José Carlos também condutor disse entender o trabalho da autarquia, mas considerou que a obra está a apresentar “muitas dificuldades” e que futuramente irá dificultar ainda mais a circulação de veículos.

“O Plateau ficou mais pequeno, já presenciamos carros a subirem em cima dos canteiros para desviarem de outros veículos ou para a realização de manobras, são vários os problemas que isso tem acarretado aos condutores e principalmente aos autocarros".

Na opinião de Kátia, que também mostrou-se indignada com o projecto, “não havia necessidade” de construção de canteiros de plantas, “só veio embaraçar ainda mais a passagem”, sublinhando que enquanto pedestre fica "muito tempo" à espera que os condutores se resolvam no meio da estrada para depois passar de um lado para o outro.

Sem falar na poeira que isso tem gerado, apontou a Dona Filó quando esperava o transporte público.

Em decorrência dessa situação procuramos a Câmara Municipal da Praia para esclarecimentos, mas até o fecho desta matéria não obtivemos um parecer.

De igual modo, entramos em contacto com o bastonário da Ordem dos Arquitectos de Cabo Verde (OACV), Job Amado Varela, mas este disse que prefere não pronunciar-se sobre o assunto por desconhecer o projecto da referida obra.

OS/ZS

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


16-06-2024 19:33
16-06-2024 16:12
16-06-2024 16:03
16-06-2024 15:47
16-06-2024 14:57