Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Vistoria às unidades de produção de aguardente de cana-de-açúcar arrancou esta semana

Ribeira Grande, 11 Jan (Inforpress) – A Direcção Nacional da Indústria, Comércio e Energia (DNICE) iniciou, quinta-feira (09), a vistoria às unidades de produção de aguardente de cana-de-açúcar que decorrerá até finais do mês de Maio.

Uma nota de imprensa distribuída pelo gabinete de imprensa do Governo, a que a Inforpress teve acesso, indica que “as vistorias têm por objectivo avaliar a evolução, as alterações e melhorias verificadas no período de 2018 a 2019” e servem, igualmente, “para aconselhamento de medidas de melhoria e de reversão das situações de não-conformidade”.

É que essas medidas de melhoria e de reversão das situações de não-conformidade, caso não forem cumpridas, poderão levar ao encerramento das instalações, cessando automaticamente a produção do ano de 2020.

A entidade governamental que trata deste sector informa que para efeitos de emissão das licenças são adoptados critérios específicos para a atribuição da licença definitiva, da licença condicionada (provisória) e para a suspensão das unidades de produção.

As licenças definitivas serão atribuídas às unidades com grau de cumprimento dos requisitos legais e regulamentares igual ou superior a 50 por cento (%), as licenças condicionadas (provisórias) serão atribuídas às unidades com grau de cumprimento superior a 26% e inferior a 40% e ficam sujeitas a renovação em função das melhorias contínuas registadas no primeiro semestre do ano 2020.

Já as unidades com grau de cumprimento dos requisitos legais e regulamentares entre os 11% e os 25%, vistoriadas nos anos 2017, 2018 e 2019, e ainda, as novas situações que venham a ser apuradas com o nível de cumprimento abaixo dos 26% terão a sua licença suspensa.

A vistoria, esclarece a DNICE, “visa a melhoria na produção e comercialização da aguardente da cana-de-açúcar (grogue) cumprindo assim o desidrato do Governo no plano de implementação do quadro legal sobre a produção do grogue”, com o objectivo de acelerar o processo de adequação das unidades produtoras às exigências da regulamentação vigente.

As equipas de vistoria são constituídas pela Direcção Nacional da Indústria, Comércio e Energia, pela Entidade Reguladora da Inspecção de Saúde, pelas Delegações do Ministério da Agricultura e Ambiente e pelas Delegacias de Saúde dos diversos concelhos e representantes das respectivas câmaras municipais.

Em Santo Antão as vistorias terão lugar nos dias 03 a 07 de Fevereiro, no concelho da Ribeira Grande, 10 a 13 de Fevereiro, no concelho do Paul, e de 14 a 21 de Fevereiro, no concelho do Porto Novo.

HF/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos