Visita da delegação parlamentar da Guiné Bissau adiada devido à bruma seca

Cidade da Praia, 18 Fev (Inforpress) – A visita da delegação parlamentar da Guiné –Bissau a Cabo Verde, que deveria acontecer de 17 a 20 deste mês, foi adiada devido à bruma seca que se faz sentir no arquipélago, informou uma fonte da Assembleia Nacional.

A delegação parlamentar da Guiné-Bissau, liderada pelo presidente da Assembleia Nacional Popular, Cipriano Cassamá, estaria em Cabo Verde, para uma visita de três dias, mas a bruma seca que se faz sentir no país não possibilitou a sua efectivação, podendo a mesma, segundo a fonte parlamentar, ser realizada caso as condições atmosféricas melhorem.

Cipriano Cassama estaria à frente de uma comitiva que integraria deputados de todas as forças políticas com assento parlamentar naquele país e no decorrer da estada da delegação parlamentar no arquipélago, seria recebida pelos líderes dos partidos políticos cabo-verdianos.

Do programa constavam ainda encontros com o Presidente da República, visitas ao Centro de Energias Renováveis, Autoridade Reguladora da Comunicação Social, projeto hidroagrícola do Vale do Principal, Campo de Concentração do Tarrafal entre outras.

Antes de regressar à Guiné-Bissau, Cipriano Cassama e seus pares teriam um encontro com a comunidade guineense radicada em Cabo Verde.

Esta quarta-feira 17, o Instituto Marítimo Portuário (IMP) interditou a saída para o mar de embarcações de pesca local, botes e pequenas embarcações de boca aberta, devido ao mau estado do tempo.

A autoridade marítima reforça e informa a todos os armadores, proprietários, patrões e pescadores em geral, que, por razões de segurança, se encontra interdita a saída para o mar das embarcações de pesca local, botes e pequenas embarcações de boca aberta a nível nacional enquanto se mantiverem estas condições do estado do tempo.

CM/ZS

Inforpress/fim.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos