Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Vice-PM propõe criação de um Instituto para a promoção da boa governação empresarial em Cabo Verde

Cidade da Praia, 23 Mai (Inforpress) – O vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, propôs hoje aos quadros cabo-verdianos, a criação em Cabo Verde de um Instituto para a promoção da boa governação empresarial.

Esse instituto, conforme explicou o governante, teria a responsabilidade de trazer para o país “gente bem-sucedida” tais como universitários, académicos, gestores e empresários para partilhar as melhores práticas, mas também as más práticas e evitar que erros já cometidos sejam replicados no país.

“O objectivo é fazermos de Cabo Verde um país bem governado, que adopte aquilo que é o melhor à escala do mundo, mas que esteja permanentemente sintonizado com aquilo que é o melhor porque só assim estaremos a criar novas oportunidades para os jovens cabo-verdianos”, disse.

O vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças falava aos jornalistas depois de presidir à cerimonia de abertura da mesa redonda sobre o ecossistema de financiamento à economia, enquadrada no simpósio internacional sob lema “por um sistema financeiro solidário, ético e socialmente responsável”, e que contou com a presença do Prémio Nobel da Paz (em 2006), Muhammad Yunus.

Muhammad Yunus que é fundador do Gremeen Bank – Bangladesh, está no arquipélago para participar no evento a convite do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, e, segundo Olavo Correia, esse convite é uma forma de Cabo Verde beber da experiência de Bangladesh a nível da economia social.

MJB/ZS

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos