Urdi/Praia: Palácio da Cultura Ildo Lobo acolhe extensão da feira com 14 artistas e artesãos

Cidade da Praia, 26 Nov (Inforpress) –  A Praia participa na extensão da Urdi 2020 com 14 artistas e artesãos no Palácio da Cultura Ildo Lobo, com exposição de peças, como quadro de pinturas, bijuterias e acessórios, produtos cosméticos, peças de barro, entre outros.

A Feira Nacional de Artesanato e Design de Cabo Verde (Urdi), que teve a sua abertura no dia 25 e vai até 29 de Novembro, está espalhada por diversos espaços do Palácio da Cultura Ildo Lobo e poderá ser visita das 10:00 às 18:00.

Segundo informações da organização, participam desta feira, artistas e artesãos, nomeadamente Sónia Lopes, Âmbara da Rosa, Gisela Fortes, Mirte da Graça, Mizé Varela, Odair Santos, Hermínia Fernandes, Jocelina Ferreira, Ana Clemente, Lúcia Cardoso, Maura Carvalho, Kwame Gamal, Gustavo Duarte e Ghislene Alves.

Alguns desses artistas são incubados do programa “Praia Criativa”, outros são artesãos inscritos na Urdie outros participaram anteriormente no “PCIL Feira Criativa”.

No “hall” da entrada do Palácio da Cultura a Inforpress encontrou os produtos da Criativid Artes e da Badia Natural Cosmetics, um casamento entre bijuterias e acessórios com produtos cosméticos, desde sabão, óleos naturais, entre outros.

Âmbara da Rosa, da Criativid Artes, disse à Inforpress que é a segunda vez que participa da Urdi e espera que esta seja uma “experiência incrível”, assim como foi no ano anterior em São Vicente.

“Acho que é muito interessante terem descentralizado essa actividade da ilha de São Vicente, porque estamos a dar a todos os municípios de Cabo Verde a oportunidade de fazerem parte deste projecto e a dar oportunidade das pessoas locais conhecerem os nossos produtos”, disse.

Já no pátio “Tchon di Morgado” encontramos a artista plástica Sónia Lopes e a promotora da marca Unique Biju na montagem dos seus ‘stands’ com um “grande entusiasmo e expectativa” de que até final da semana mais pessoas poderão passar para conhecer os seus produtos.

A artista plástica Sónia Lopes que vem expondo o seu trabalho em diversos espaços da Cidade da Praia, almejava este ano dar a conhecer aos mindelenses, e não só, os seus produtos em São Vicente.

Entretanto, devido a situação da pandemia do novo coronavírus não foi possível, mas mesmo assim decidiu participar na extensão da Urdi no Palácio da Cultura Ildo Lobo.

“Já tenho vários pedidos para levar o meu trabalho para São Vicente, porque as pessoas querem conhecer a minha arte, mas infelizmente não foi possível, mas fiquei contente por terem feito esta extensão na Praia”, disse.

A mesma espera vender muito, mas acima de tudo quer dar a conhecer ao máximo de público o seu trabalho “bastante diversificada” que vai desde quadros de diferentes tamanhos, bloco de nota, almofada, agenda, bolsas e peças de louça pintada a mão.

Algo novo que trouxe para esta exposição, são brincos, peças únicas, feito como se fosse um quadro, banco trabalhado como uma obra de arte, vasos de barro, marcador de livro das peças feitas anteriormente e que foram vendidas em outras exposições, entre outros.

A promotora da marca Unique Biju, Jaqueline Vaz, que participa pela primeira vez num evento do tipo, disse ter ficado satisfeito por ver tanta qualidade num único espaço.

“É a primeira vez e está a ser uma óptima experiência e até constatei que em Cabo Verde temos artistas que estão a fazer produtos de grande qualidade e apelo as pessoas para aderirem a essa feira e verem os nossos produtos porque vale a pena”, disse, convidando o público a conhecer as suas bijuterias e acessórios todos inoxidáveis.

Nesta feira estão patentes produtos como bolsas, vestuários e calçados, peças de artesanatos, candeeiros, quadros de pinturas, produtos cosméticos artesanais, renda e bordados, trabalhos em coco, instrumentos musicais, entre outros.

AM/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos