Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

UNICEF disponibiliza três mil contos ao Governo para aquisição de materiais de higienização das creches (c/áudio)

Cidade da Praia, 14 Ago (Inforpress) – O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) disponibilizou ao Ministério da Família e Inclusão Social três mil contos para aquisição de materiais higiénicos e elaboração de um guia de orientação para a retoma das creches.

Com o início da pandemia do novo coronavírus em Cabo Verde, as creches e jardins de infância fecharam as suas portas em Março, sendo que em Junho o Governo autorizou as suas reaberturas, mas mesmo assim os pais não enviaram os seus filhos.

É pensando nesta retoma com segurança, que a UNICEF, segundo a gestora do programa de Educação do escritório da UNICEF, Ana Ferreira, disponibilizou uma quantia de 30 mil dólares (3 mil contos) para o ministério adquirir materiais e equipamentos de higienização a serem distribuídas às creches localizadas nas zonas periférica e que acolhem crianças sócio-economicamente vulneráveis do País.

O acto simbólico de entrega dos materiais teve lugar hoje no Jardim infantil Sorriso da Liga Nazarena, na Cidade da Praia, e contou com a presença da directora-geral de Inclusão Social, Mónica Furtado, da gestora da UNICEF e da presidente da Liga Nazarena, Joana Brito.

Esta acção, segundo a gestora, é uma forma de ter as monitoras a trabalharem em segurança e garantir o direito das crianças de apreender com toda a segurança sanitária e longe do perigo das ruas.

Os kits de higienização do espaço e de protecção individual, segundo a mesma fonte, vão beneficiar 74 creches/pré-escolar com valência de creche da Cidade da Praia, dos concelhos de São Domingos, Santa Cruz, e das ilhas de Sal, São Vicente, São Nicolau e Santo Antão, cobrindo cerca de 1.700 crianças provenientes de famílias vulneráveis.

Para além desses materiais, a directora-geral de inclusão social, Mónica Furtado, avançou que na segunda-feira, 17, o ministério vai distribuir um guia de orientação para todas as creches, que trabalham com crianças dos 0 aos 3 anos de idade, de como organizar o espaço e como fazer a higienização.

Tudo isto, explicou, é uma forma de garantir a retoma e o funcionamento das creches, que são espaços de riscos, mas com a pretensão de salvaguarda e proteger as crianças e os colaboradores.

“A ideia é auxiliar essas entidades para se prepararem para a retoma, mas também para adaptarem a um novo contexto. Ter um espaço com condições sanitárias exigidas é uma forma de dar segurança aos pais”, acentuou.

A presidente da Liga Nazarena, Joana Brito, que agradeceu este gesto, disse que este donativo vai os ajudar na reabertura dos jardins/creche que desde Março estão fechados.

Segundo explicou, quando o Governo autorizou a reabertura das creches, os pais não enviaram as suas crianças, mas com as condições que estão a ser criadas, Joana Brito acredita que vão dar maior segurança aos pais para mandarem as suas crianças.

Os kits atribuídos são constituídos por luvas, máscaras, materiais de limpeza individual e do espaço, entre outros equipamentos.

AM/DR
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos