Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

União Europeia investe quase cinco milhões de euros em projectos ligados ao turismo sustentável

Porto Novo, 30 Nov (Inforpress) – A União Europeia (EU) investiu, nos últimos quatro anos, perto de cinco milhões de euros em projectos ligados ao turismo sustentável em quase todas as ilhas do arquipélago, informou hoje, em Santo Antão, a embaixadora, Sofia de Sousa.

Sofia de Sousa, que falava no acto de encerramento do projecto das redes locais para o turismo sustentável e inclusivo de Santo Antão (Raízes), co-financiado, em 75 por cento (%), pela UE, explicou que, ao todo, foi executado, desde 2016, no País, um total de 12 projectos, promovendo o turismo sustentável.

Trata-se de projectos que, segundo a embaixadora da UE em Cabo Verde, promovem o turismo inclusivo, o ecoturismo, o turismo solidário e comunitário, a acessibilidade à cultura para as pessoas com deficiência, a criação de redes locais de turismo sustentável e a requalificação urbana.

Sofia de Sousa garantiu que o organismo que representa vai continuar a trabalhar com as autoridades nacionais na implementação de projectos no sector do turismo sustentável.

Em relação ao projecto Raízes, que custou 660 mil euros, a responsável fez uma avaliação “extremamente positiva” dos resultados conseguidos, considerando que este projecto, implementado pela Associação para a Defesa do Património de Mértola (Portugal), está a contribuir para divulgar Santo Antão.

O projecto, que teve ainda o apoio da Cooperação Portuguesa, do Governo de Cabo Verde e das câmaras do Porto Novo e Paul, contribuiu, nesses três anos, para “promover o turismo sustentável, como factor de geração de rendimentos e melhoria das condições sócio-económicas de Santo Antão”.

O projecto, cujo encerramento contou ainda com a presença do ministro do Turismo, Carlos Santos, consistiu na diversificação e qualificação da oferta turística de Santo Antão com base no património, na capacitação das associações, na elaboração do plano de acção para o turismo desta ilha, na abertura de centros de interpretação nos três municípios e na sinalização de rotas.

Ainda no quadro do projecto Raízes, disponibilizou-se um website de promoção do turismo nesta ilha e apostou-se na promoção acções de formação para associações, empresários e artesãos, assim como na organização dos doutoramentos em turismo e em ciências económicas e empresariais.

JM/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos