União Europeia disponível para apoiar reformas em Cabo Verde com vista ao reforço da democracia

Cidade da Praia, 07 Jun (Inforpress) – A directora-geral Adjunta de Parcerias Internacionais da União Europeia (UE), Myrian Ferran, manifestou hoje a disponibilidade da UE em apoiar as reformas para reforçar a democracia parlamentar em Cabo Verde, que classifica de modelo.

Myrian Ferran falava aos jornalistas após ter sido recebida pelo Presidente da Assembleia Nacional, Austelino Correia, com quem discutiu as prioridades da cooperação entre a União Europeia e Cabo Verde a nível parlamentar.

“Eu vim exprimir o apoio da União Europeia (UE) à democracia e às reformas engajadas pelo país. Em particular, partilhamos muito sobre a importância da democracia. E nós consideramos que Cabo Verde é um modelo nesta matéria”, disse.

A modalidade de intervenção ao nível do Parlamento, o aumento da representação das mulheres na Assembleia, o desenrolar pacífico das últimas eleições, durante a crise da covid e a auscultação da sociedade civil foram alguns dos assuntos que a directora-geral Adjunta de Parcerias Internacionais da União Europeia falou com Austelino Correia.

A conversa foi também momento para a responsável da UE manifestar a sua preocupação com “as ameaças à democracia”, um fenómeno que, conforme disse, está a ocorrer em toda a parte do mundo e na Europa em especial com a guerra na Ucrânia, que afirma “está a diminuir o valor da democracia”.

Por isso, defendeu a necessidade de “empreender” uma luta conjunta para promover a democracia.

A directora-geral Adjunta das Parcerias Internacionais da UE, Myriam Ferran, iniciou esta segunda-feira uma visita de três dias a Cabo Verde. Esta quarta-feira estará na cidade de Mindelo, na ilha de São Vicente.

Na Praia, efectua visitas bilaterais a órgãos de soberania e a instituições públicas e privadas. No Mindelo, terá contactos com actores relevantes do eco-sistema da Economia Azul para avaliar potencialidades de cooperação neste sector.

A visita a Cabo Verde de Myrian Ferran é também uma ocasião para se inteirar dos avanços nas prioridades de cooperação definidas entre a União Europeia e o Governo de Cabo Verde para o período 2021-2027, centrado na promoção de um crescimento verde e inclusivo e para abordar outras vias possíveis de colaboração.

MJB/JMV
Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos