Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Uni-CV realiza II Colóquio para reflectir sobre futuro das Ciências Sociais no mundo com foco em Cabo Verde

Cidade da Praia, 25 Nov (Inforpress) – A Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) realiza, hoje e sexta-feira, na Praia, o II Colóquio para reflectir sobre o futuro das Ciências Sociais no mundo com foco em Cabo Verde, com olhares de pesquisadores de diferentes países.

A informação foi avançada à imprensa pelo vice-presidente da Faculdade de Ciências Sociais Humanas, Vladimir Ferreira, à margem do II Colóquio sobre “As Ciências Sociais e as Disrupções Globais” com a participação de vários países.

Segundo apontou, o evento surgiu quase dez anos após o primeiro colóquio, realizado em 2012, e tem como objectivo fazer um balanço da evolução da última década do País e também reflectir sobre as transformações sociais ocorridas após covid-19.

“É uma oportunidade para reflectirmos sobre as novas tendências de pesquisa no campo das Ciências Sociais, mas é também um colóquio que vinca a necessidade de um maior investimento do Estado nas Ciências Sociais, na pesquisa, na inserção profissional dos jovens que estão a formar nas Ciências Sociais”, assegurou.

Vladimir Ferreira considerou que é preciso repensar o sistema de financiamento do ensino superior, acrescentando ainda que é preciso recolocar as Ciências Sociais no contexto pós pandemia de covid-19, mas também num processo de crescimento e avanço do sistema neoliberal, que é um sistema dominante no mundo actual.

Daí que, de acordo com a mesma fonte, organizaram o segundo colóquio que envolve conferencistas de vários Países e diversos temas para serem abordados.

Para além do tema “As Ciências Sociais e as Disrupções Globais: Desafios, reposicionamentos e possibilidades de novas respostas”, os conferencistas vão também analisar temas “importantes” da actualidade como: cultura, turismo e desenvolvimento, democracia, partidos e eleições em Cabo Verde, em perspectiva comparada, desafios da democracia, crises institucionais, personalismo, centralismo e resiliências autoritárias no século XXI.

Conforme Vladimir Ferreira, o II Colóquio enquadra-se na reflexão sobre o futuro das Ciências Sociais no mundo com foco em Cabo Verde sobre os olhares de pesquisadores de diferentes países.

“A continuidade para o evento dessa natureza depende muito dos apoios e incentivos para tal. Precisamos que se invista mais nas Ciências Socias”, advogou.

Por seu turno, o antropólogo belga Pierre Joseph Laurent disse que é a primeira vez que está a realizar uma conferência sobre o livro “crioulização: A invenção de Cabo Verde”, e explicou que abordou o termo crioulização com o objectivo de compreender a história sobre bruxaria, assombração, ódio, finado em Cabo Verde.

O colóquio conta com 15 diferentes áreas temáticas divididas em grupos de trabalhos e mesas redondas.

AT/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos