Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Universidade de Cabo Verde inaugura licenciatura em Direito

Cidade da Praia, 15 Nov (Inforpress) – A Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) inaugurou hoje o seu primeiro curso de licenciatura em Direito, destinado a 40 estudantes, numa cerimónia assinalada por uma aula magna proferida pelo catedrático Wladimir Brito, considerado o pai da Constituição cabo-verdiana.

Este curso conta com a parceria da Universidade do Porto (Portugal) e colaboração de dois professores catedráticos, o cabo-verdiano Wladimir Brito e o português Eduardo Vera Cruz Pinto e outros doutores portugueses como os professores Pedro Freitas e Cláudia Viana, com vista a melhorar o corpo docente.

Os alunos seleccionados saíram de um leque de 400 candidaturas, pelo que a reitora da universidade pública considerou tratar-se de uma faca de dois gumes, alegando que esta acreditação, apesar de ter sido lançada tardiamente, teve uma grande procura, pelo disse entender que era necessário dar este passo.

Judite Nascimento lamentou, entretanto, que a universidade não pôde atender a todos as candidaturas por causa de “vagas limitadas”, razão pela qual reafirmou que a Uni-CV não vai fazer concorrência às outras universidades, mas sim tornar-se em mais uma instituição que abre um curso de Direito com características muito específicas e com um cunho pluridisciplinar muito claro no plano de estudo.

Referiu que assim como outro grande desafio enfrentado no Curso de Medicina, “e que já vai na sua sétima edição e com sucesso”, a Uni-CV conta igualmente, no curso de Direito, com parceiros estratégicos internacionais de grande relevância, assinalando mesmo a presença do professor catedrático da Universidade do Minho, o professor Wladimir Brito, na coordenação e concepção do projecto.

A reitora da universidade pública disse que se trata de um projecto que vinha sendo idealizado há muito anos nesta instituição, que, doravante passa contar com 43 licenciaturas, fechando um ciclo que permita a Uni-CV abrir oportunidades de formação em áreas tão específicas como Direito a cabo-verdianos.

“Nós acabamos por completar aquilo que é o leque de graduações que tradicionalmente as universidades públicas oferecem aos cidadãos dos países onde estão instalados. É a concretização de um sonho da Escola de Negócios e Governação e, também da Universidade de Cabo Verde”, referiu.

Já o coordenador executivo desta licenciatura, Emanuel Sousa, que partilha a coordenação com Wladimir Brito, disse que se pretende que este seja um “curso inovador” na medida em que vai ter determinadas disciplinas como a história do direito cabo-verdiano, o direito/o mar, direito internacional humanitário, prática processuais e deontologia das profissões jurídicas.

Estas disciplinas, ajuntou, “visam transmitir aos formandos conhecimentos específicos a nível do direito interno e internacional, de forma a fazer com que os formandos já saiam do curso com algumas experiências práticas do mundo real do direito”.

A Uni-CV, de acordo com a sua reitora, constitui a maior população universitária em Cabo Verde com mais de cinco mil alunos e docentes, o equivalente a 52% de toda os estudantes universitários no país. Conta, actualmente, com 43 licenciaturas, 20 pós-graduações, inclusive três de doutoramentos.

SR/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos