Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Uni-CV acolhe primeira edição dos Campos da Matemática Gulbenkian em Cabo Verde

Cidade da Praia, 20 Jun (Inforpress) – A Universidade de Cabo Verde acolhe, até 30 de Julho, a primeira edição dos Campos de Matemática (CdM-CV) com actividades educativas que estimulem o interesse pela Matemática na resolução de problemas do quotidiano.

Segundo uma nota informativa a que a Inforpress teve acesso, a Fundação Calouste Gulbenkian, numa parceria com a Sociedade Portuguesa de Matemática e outros parceiros locais, e inserido na linha de acção “Apoio a uma Educação em Matemática de melhor qualidade nos PALOP”, procura contribuir para que jovens talentosos em Matemática alcancem o seu potencial.

A referida fundação quer, com esta iniciativa, criar o conceito do “Campos da Matemática Gulbenkian”, já em curso em São Tomé e Príncipe e que agora se procura implementar em Cabo Verde.

“A Matemática é uma ciência viva, dinâmica, e o seu ensino deve incorporar aspectos de construção, manipulação, experimentação, verificação e controlo, para além dos aspectos formais de análise, síntese, classificação. O interesse na aprendizagem da Matemática depende das situações estimuladoras criadas pelo educador para proporcionar ao educando o maior número possível de descobertas e desafios”, lê-se na nota.

A Fundação Gulbenkian considera, neste sentido, ser de extrema importância a criação de espaços de ensino oficinal, que constituam ambientes privilegiados para a exploração adequada dos conteúdos, para o desenvolvimento de habilidades e estratégias na resolução de problemas, que facilitam de forma concreta a aproximação dos conteúdos de Matemática ensinado na escola formal e os conhecimentos adquiridos através do quotidiano dos alunos.

De acordo com o comunicado, o CdM-CV  tem como objectivo reunir 40 alunos do 10º ano num campo não-residencial de 10 dias, com actividades educativas que estimulem o interesse pela Matemática, através das suas aplicações na resolução de problemas do quotidiano.

Constitui ainda objectivo deste projecto, realça o documento, fazer o acompanhamento progressivo desses estudantes no 11º e 12º anos, promovendo a autoaprendizagem e o desenvolvimento individual das suas capacidades matemáticas.

O CdM-CV realizar-se-á nas instalações da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), no Campus do Palmarejo, tendo a mesma fonte realçado que se espera a participação dos alunos do grupo das ilhas de Sotavento, nomeadamente,  Santiago (33), Maio (2), Fogo (3) e Brava (2). Na próxima edição pretende-se que o CdM-CV seja realizado também na cidade do Mindelo, com a participação dos estudantes provenientes das ilhas do grupo Barlavento.

As actividades do CdM-CV serão elaboradas pelos professores da área científica de Matemática e Estatística da Uni-CV.  Conta-se ainda com o apoio dos professores de matemática dos alunos que frequentam o CdM-CV, sobretudo na selecção e na mobilidade dos estudantes e no acompanhamento científico dos mesmos ao longo do ano.

Ainda segundo a nota, esta iniciativa prevê abranger alunos do 10º ano de escolaridade, que pretendam ingressar no 11º ano de escolaridade no ano seguinte, com média do 10º ano superior a 16 valores que demonstrem interesse em participar no programa. 

Este projecto é financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian e conta com a parceria da Universidade de Cabo Verde e do Ministério da Educação.

CM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos