Ulisses Correia e Silva na Guiné-Bissau para reforçar relações bilaterais

Cidade da Praia, 08 Mai (Inforpress) – O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, inicia hoje uma visita de quatro dias à Guiné-Bissau com o objectivo de reforçar as relações bilaterais entre os dois países nesta que é a primeira visita que realiza ao país.

“Esta é a minha primeira visita enquanto chefe do Governo cabo-verdiano a Guiné-Bissau, país com o qual Cabo Verde já demonstrou claramente a sua intenção e vontade no reforço de cooperação e aprofundamento da histórica relação entre os dois Estados elevando-a a patamares superiores de parceria estratégica”, escreveu o chefe do Governo na sua página oficial na rede social Facebook.

Ulisses Correia e Silva disse ainda que “um sinal muito claro” neste sentido, foi a abertura da Embaixada de Cabo Verde na República da Guiné Bissau, seguida da nomeação de um embaixador, 45 anos depois da Independência de Cabo Verde.

“É uma manifestação de vontade política e de melhorar ainda mais as relações bilaterais e o diálogo político, assim como de afirmação das relações de história, cultura, diplomáticas, mas também, económicas que se pretende ver desenvolvidas”, acrescentou.

O primeiro-ministro apontou ainda as condições de facilitação que ambos os governos outorgaram para a instalação de representações diplomáticas numa base de reciprocidade em torno de um acordo sobre a disponibilização recíproca de imóveis destinados a instalação e ao funcionamento das chancelarias e residências das respectivas missões diplomáticas.

“Além de tudo, aquele país acolhe uma importante comunidade cabo-verdiana muito bem integrada na sociedade guineense, e, por outro lado, a comunidade bissau-guineense continua, actualmente, a representar a maior comunidade estrangeira residente em Cabo Verde, com cerca de 31% do total da população imigrante, que se estima ser 14.347 cidadãos”, completou.

Segundo o programa, o primeiro-ministro é esperado ainda hoje em Bissau, mas a visita de trabalho tem início na segunda-feira, com um encontro com o primeiro-ministro guineense, Nuno Gomes Nabiam, seguido de um encontro bilateral alargado às duas delegações, que será concluído com a assinatura de acordos de cooperação.

Ulisses Correia e Silva chefia uma delegação que integra ainda os ministros dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Integração Regional, Rui Figueiredo, e do Turismo e Transportes, Carlos Santos, bem como os secretários de Estado da Economia Digital, Pedro Lopes, e do Ensino Superior, Eurídice Monteiro.

Na agenda para segunda-feira, e após uma declaração à imprensa, o chefe do Governo segue para a Assembleia Nacional Popular, onde fará uma visita de cortesia ao presidente do parlamento, Cipriano Cassamá, sendo depois recebido pelo chefe de Estado guineense, Umaro Sissoco Embaló, na Presidência da República.

A encerrar a visita, na terça-feira, o primeiro-ministro visita a Escola Nacional da Administração, onde dará uma palestra dedicada ao tema “Estabilidade e Desenvolvimento”, e a Faculdade de Medicina, estando também previsto um encontro com a comunidade cabo-verdiana.

GSF/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos