Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Trinta e cinco anos das Aldeia Infantis SOS: “Desafio é manter a qualidade construída ao longo desses anos” – director

Cidade da Praia, 01 Jun (Inforpress) – O director nacional das Aldeias SOS, Dionísio Pereira, disse hoje, em declarações à Inforpress, que, 35 anos depois, o primeiro desafio é manter a qualidade construída ao longo desses anos por aquela instituição.

Aquele responsável falava à margem da Gala Padrinho SOS 2019 promovida pelas Aldeias SOS de Cabo Verde, na Assembleia Nacional, cidade da Praia. O evento está enquadrado nas comemorações dos 35 anos da Aldeia Infantis SOS de Cabo Verde e do Dia das Crianças, que se assinala a 1 de Junho.

“Desafio, em primeiro lugar, é a manutenção de qualidade que temos construído ao longo desses anos”, afirmou o director nacional das Aldeias SOS, acrescentando que é também, por outro lado, um desafio poder criar condições para maior quantidade de pessoas em outras localidades do território nacional que necessitam da intervenção daquela instituição.

Mas em termos gerais, acredita Dionísio Pereira que o patamar construído e as bases lançadas poderão as Aldeias SOS a, de fato, a enfrentar esses desafios e assumir novos desafios para que possam ser cada vez mais úteis para a sociedade.

Aproveitando o dia das crianças, este responsável apelou aos mais baixos que se preparem para assumirem as responsabilidades que terão mais tarde como pessoas adultas, “porque estão numa fase de brincadeira, fase de construção dos alicerces para o exercício da cidadania activa mais tarde”.

“Nesse contexto diria que é a fase de viver a infância, mas é a fase de construção das bases de um futuro mais adequado para eles, mas também para a sociedade que vão ter a responsabilidade de dirigir”, finalizou.

A gala, que aconteceu na Assembleia Nacional, contou com a actuação do grupo musical Azagua, dança com a escola de dança Nicole, grupo coral SOS e show de magia, com o mágico Ady.

GSF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos