Transportes: Jorge Santos “satisfeito” com a vontade da CEDEAO em ajudar Cabo Verde (c/áudio)

Cidade da Praia, 02 Out (Inforpress) – O presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, mostrou-se hoje “satisfeito” com a vontade da CEDEAO em ajudar Cabo Verde no equacionamento de problemas relacionados com os transportes aéreos e marítimos.

Jorge Santos fez estas declarações após receber em visita de cortesia o presidente da Comissão da CEDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental), Jean-Claude Kassi Brou.

“Discutimos a questão dos transportes marítimos e aéreos e ficamos também satisfeitos por sentir a vontade da CEDEAO em participar e ajudar Cabo Verde no equacionamento desses que são problemas hoje e que poderão ser também grandes potenciais para o futuro”, disse Jorge Santos.

O presidente do Parlamento cabo-verdiano defendeu que a resolução desta questão poderá favorecer também a ligação aérea e marítima entre Cabo Verde e a CEDEAO, potenciando o “hub” aéreo do Sal e a zona económica exclusiva sediada em São Vicente.

“As relações entre a CEDEAO e Cabo Verde são excelentes. Estamos a incentivar e projectar uma maior presença nas instituições da Comunidade, seja a nível do Parlamento da CEDEAO, da Comissão da CEDEAO”, afirmou.

Para Jorge Santos “foi uma honra grande” receber o presidente da Comissão da CEDEAO, porque tiveram oportunidade de debater “questões importantes” do relacionamento dos parlamentos, bem como da boa governança, da governação eletrectrónica, aproximação entre os parlamentos e o diálogo que deve existir a nível da CEDEAO.

“Mas, acima de tudo, debatemos grandes objectivos da CEDEAO, que são a questão de aproximação de Cabo Verde à CEDEAO e o respeito pelas especificidades próprias de Cabo Verde em termos da sua realidade como um país insular”, ajuntou.

Jorge Santos disse ainda que “existe um bom ambiente político” e que a visão de integração já é nacional e partilhada por todos.

“Agora é preciso concretizar, eliminar barreiras e permitir uma verdadeira integração económica entre Cabo Verde e os países da CEDEAO”, finalizou.

GSF/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos