Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Todos os serviços da Polícia Nacional na Praia estarão engajados no processo eleitoral – PN

Cidade da Praia, 17 Abr (Inforpress) – O subcomissário Nataniel Silva, do Comando Regional de Santiago Sul e Maio da Polícia Nacional, informou hoje que todos os serviços da polícia da Praia estarão engajados no processo eleitoral no dia 18 de Abril.

Segundo Nataniel Silva, a nível interno tudo já está delineado para o domingo, 18, e todos os efectivos dos serviços da Polícia Nacional, na Praia, desde a Direcção Nacional, corpo de intervenção, fronteira, estarão “focados”, fazendo o policiamento e garantindo que as eleições legislativas decorram na normalidade.

Conforme elucidou, as estratégias para evitar as aglomerações, garantindo o distanciamento físico e social vêm sendo colocadas em prática desde as campanhas pré-eleitorais e eleitorais, pelo que continuarão, nesta linha, o trabalho de sensibilização e chamada de atenção, de modo a fazer com que todos cumpram as medidas de combate à covid-19.

Não obstante, frisou este responsável, a maior preocupação dos agentes no terreno, passa por evitar aglomerações, conflitos e evitar que haja qualquer tipo de “manobras” e “artimanhas” para conseguir “ludibriar” pessoas a votar ou não, ou seja, sublinhou, procurar cumprir o estipulado no código eleitoral e questões ligadas à pandemia.

Apontou ainda que haverá sempre respostas a outras circunstâncias, garantindo a ordem e a tranquilidade públicas em geral, uma vez que, domingo 18, não se vai resumir só à eleição.

Das medidas para o dia da reflexão e da eleição destacam-se patrulhamentos auto e apeado, no dia da reflexão, para prevenir qualquer tentativa de propaganda eleitoral ou actividades de campanha que possam atrapalhar a reflexão dos eleitores, assegurar o transporte das urnas e dos boletins de voto, antes e depois do escrutínio.

Garantir a protecção das mesas de assembleia de voto (MAV), das delegações da CNE e das sedes de campanha, bem assim, dos Delegados da CNE e dos candidatos, reforçar o policiamento em todos os locais sensíveis e susceptíveis de alteração da ordem, delimitar e condicionar o acesso ao espaço exterior às MAV, a pedido do presidente desta ou do delegado da CNE, de entre outros.

Às legislativas do dia 18 de Abril, para a eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais 10 no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e os três da diáspora) e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

TC/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos