São Vicente: “TEDx Mindelo será uma porta aberta para o mundo” – responsável

Mindelo, 19 Mar (Inforpress) – Os organizadores do primeiro TEDx Mindelo, previsto para o dia 21 de Maio, no Liceu Velho, classificam o evento de “uma das grandes plataformas mundiais” e “uma porta aberta para o mundo”.

O formato da iniciativa, de partilha de estórias e conhecimentos, foi apresentado ao púbico de São Vicente na noite de segunda-feira, 18.

O curador do TEDx Mindelo, Deluca Monteiro, considerou, na ocasião, que Cabo Verde, enquanto nação crioula, “fruto da dor e do amor” que desenhou as feições dos cabo-verdianos, mas também, ajuntou, “a comida, os nossos ritmos tradicionais e numa língua autêntica”, terá a possibilidade de mostrar ao mundo esse valor.

“E justamente São Vicente, sendo então um dos berços interculturais de Cabo Verde que desde a sua nascença recebeu uma panóplia de nacionalidades nos seus braços e que conseguiu absorver parte dessa cultura e dessa interculturalidade”, concretizou a mesma fonte.

Segundo Deluca Monteiro, uma equipa de jovens que aceitou o desafio lançado pelo secretário de Estado da inovação, Pedro Lopes, encontra-se a trabalhar desde o ano passado para ter a licença deste certame, inserido numa das plataformas que é o TEDx, com a chancela do TED, criado no Estados Unidos há cerca de 34 anos para desenvolver e promover a tecnologia a nível do mundo.

O curador do TEDx Mindelo adiantou ainda que a equipa tem a pretensão de trazer “um grande evento com grandes personalidades com muita experiência” para ser partilhada com os jovens e com a população de São Vicente, para “juntos” encontrar “um rumo melhor para a ilha”.

Samira Pereira, um dos membros do TEDx Mindelo, por seu lado, destacou a heterogeneidade da equipa e o seu carácter multidisciplinar, que se complementa através das histórias e das memórias.

Janice da Graça, que também faz parte da equipa, deu a conhecer um pouco do que será o evento marcado para o dia 21 de Maio, o dia Internacional relacionado com a Interculturalidade definido pela UNESCO.

“Vamos trazer um conjunto de estórias partilhadas por sete oradores, misturar um bocadinho oradores nacionais e estrangeiros e cada um vai ter 18 minutos para partilhar a sua estória e a sua experiência”, precisou.

Entre os oradores, segundo a mesma fonte, estarão Gilda Monteiro, emigrante na Bélgica, que foi candidata à câmara de Bruxelas e é líder de um movimento feminista, Januário, membro do TEDx Luanda, Aiha Sheby, jovem líder africana, e Aury Monteiro, mentora do projecto Mindel Peixe Fresco.

Este painel vai ser dividido em cinco momentos, num primeiro essencialmente para contar estórias, “tal como se ouve quando se é criança, sob um hall de entrada muito tradicional, estória, estória, fortuna do céu ámen”.

Prevê-se ainda um vídeo intro, uma parte cultural com música remixada com poesia e fotografia, um vídeo Mindelo Intercultural, degustação de pratos tradicionais e um baile para encerrar o evento.

VD/AA//AA

Inforpress/Fim

 

 

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos