Técnicos cubanos prometem elevar o desporto cabo-verdiano ao nível mundial

 

Cidade da Praia, 30 Jun. (Inforpress) – Os três técnicos cubanos especializados nas modalidades de taekwondo, atletismo e actividade física para a implementação do Centro de Alto Rendimento de Cabo Verde, a funcionar no Estádio Nacional, prometem elevar o desporto cabo-verdiano ao nível mundial.

Os especialistas foram apresentados hoje pelo técnico do desporto, Graciano Barros, durante a cerimónia de abertura do VI Conselho Nacional do Desporto, e esperam contar com o envolvimento das federações e dos atletas para que o projecto possa ter reflexos.

Pedro Cunha, metodólogo com especialidade em atletismo, assume a responsabilidade para a implementação do Centro de Alto Rendimento Desportivo em Cabo Verde e tem o papel de desenvolver uma série de modalidades desportivas como corridas, salto, lançamento e marcha desportiva.

Fica incumbida as entidades desportivas cabo-verdianas a missão de “paulatinamente criar as condições para oferecer oportunidades para a prática de outras modalidades desportivas de combate” como taekwondo, karaté, judo e modalidades desportivas individuais como ténis de mesa, halterofilismo, de entre outras que posam ser praticadas na maior infra-estrutura desportiva do país.

Pedro Cunha, segundo Graciano Sena, terá ainda o desafio de trabalhar para que o Estádio Nacional possa receber estágios virados para qualquer modalidade desportiva colectiva, sobretudo em período de preparação física geral.

Já o especialista em taekwondo Yamil Flores vai trabalhar directamente com a Federação Cabo-verdiana de Taekwondo e no Centro de Alto Rendimento, ao passo que Fernando Hernandez, perito em actividades físicas e saúde vai trabalhar diretamente com o gabinete do ministro do Desporto no plano nacional da actividade física, voltada para ao programa “Mexe –Mexe”.

Trata-se de um projecto capacitado para dar acesso à prática de actividade física a todas as pessoas de qualquer idade em qualquer ponto do país, pelo que Sena diz esperar que todas as federações sejam capazes de tirar o devido proveito do Centro de Alto Rendimento.

Os técnicos cubanos encontram-se no país no âmbito do protocolo de cooperação bilateral recentemente assinado entre o Ministério do Desporto e o Instituto do Desporto Cubano (Cubadeporte) para a materialização do Centro de Alto Rendimento.

O projecto é referenciado como “uma iniciativa e um investimento de vulto, avaliado em dois milhões de escudos referentes ao contrato com a Cubadeporte, para além das despesas com a estadia dos três técnicos por um período nunca inferior a sete meses em Cabo Verde.

SR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos