Tarrafal: Inaugurada primeira fase das obras de requalificação do Centro de Formação e Capacitação Lilica Boal

Tarrafal, 26 Abr (Inforpress) – A Organização das Mulheres de Cabo Verde (OMCV) inaugurou hoje a primeira fase das obras de requalificação do Centro de Formação e Capacitação Lilica Boal, no município do Tarrafal, num investimento de cerca de 22 mil contos.

O acto de inauguração foi co-presidido pelo Presidente da República, José Maria Neves, presidente da OMCV, Idalina Gonçalves, ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, Fernando Elísio Freire, a representante da Embaixada do Japão em Cabo Verde, Fugii Izumi, e a homenageada Maria da Luz Freire de Andrade, mais conhecida por Lilica Boal.

Na ocasião, a líder da OMCV explicou que o edifício comporta seis salas de formação, um anfiteatro, uma biblioteca, três apartamentos, balneários, espaços para funcionamento do programa de micro-crédito da OMCV.

“Portanto temos base para relançar de uma forma mais ambiciosa o nosso trabalho”, declarou, lembrando que o centro tem formado mais de dezenas de jovens, com destaque para mulheres e que tem servido de base para a inclusão social em Cabo Verde, em particular no município do Tarrafal.

Numa segunda fase, o chefe do executivo municipal adiantou que no âmbito do projecto de expansão vai ser construído mais um piso e “piso recuado”, e disse esperar contar com o apoio do Governo, da câmara municipal e da “influência” do Presidente da República juntos dos parceiros internacionais.

Relativamente à homenagem, Idalina Gonçalves afirmou que a melhor coisa que a OMCV podia fazer é deixar o nome da Lilica Boal neste centro co-financiado pela Associação de Solidariedade Social Sociedade columbófila cantanhedense (Portugal), a Câmara Municipal de Tarrafal e Embaixada do Japão em Cabo Verde.

A homenageada Lilica Boal, por seu lado, agradeceu a OMCV por atribuir o seu nome à esta “belíssima infra-estrutura”, que, segundo ela, concretiza um dos sonhos dessa importante organização da sociedade civil cabo-verdiana.

Por sua vez, o chefe de Estado congratulou-se com o facto de este Centro de Formação e Capacitação ser um investimento da sociedade civil que vai ajudar no empoderamento, formação e capacitação dos cidadãos, em particular mulheres.

Por outro lado, destacou o facto o referido espaço estar a homenagear uma tarrafelense, que lembrou doou a sua juventude à Cabo Verde, referindo-se à Lilica Boal

A patrona do Centro de Formação e Capacitação Profissional da OMCV, Lilica Boal, nasceu em 1934, é uma historiadora, filósofa, professora na escola piloto, e activista antifascista cabo-verdiana que lutou pela independência da Guiné-Bissau e Cabo Verde e contra a ditadura do Estado Novo.

Foi a primeira mulher deputada cabo-verdiana, sendo também a única figura feminina da primeira legislatura da Assembleia Nacional de Cabo Verde.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos