Tarrafal: Deputados do MpD dizem-se “preocupados” com uso do álcool no seio dos estudantes

 

Tarrafal, 08 Jun (Inforpress) – Os deputados MpD eleitos pelo círculo eleitoral de Santiago Norte, mostram-se “preocupados com consumo do álcool pelos estudantes”, por isso pedem “firmeza no cumprimento da lei” que proíbe venda de bebidas a menores de 18 anos.

Esta preocupação foi manifestada hoje à comunicação social, no final de uma visita dos deputados do Movimento para a Democracia (MpD, poder) a algumas instituições de ensino no concelho, sob signo da educação.

Aproveitaram ainda para efectuar uma visita de cortesia aos presidentes da câmara e assembleia municipais.

O porta-voz do grupo, José Soares, disse que durante a visita foram confrontados com vários problemas que afectam a educação e que se traduzem no “abandono, insucesso escolar e no abuso do álcool” no seio dos jovens e das crianças.

Enquanto parlamentar, assegurou que a questão do uso do álcool preocupa por isso querem dar combate, em parceria com a campanha do Presidente da República, e ainda que a lei de não permanência e venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos seja posta em prática.

Outro aspecto constatado, segundo a mesma fonte, foi a necessidade de “mais atenção” a questão das infra-estruturas escolares no concelho, que, no dizer de José Soares, durante os últimos 15 anos foi um aspecto que “não foi levado em conta”.

Os deputados prometem levar todos esses problemas à tutela para que juntos possam ver a melhor forma de os minimizar, em prol de uma “melhor educação”.

Para José Soares, é preciso apostar na educação, porque é “o caminho para a promoção do concelho”.

“Se queremos um Tarrafal como uma cidade turística, temos que promover a educação e fazer com que ela esteja no seu auge, por isso falamos também sobre água, saneamento, segurança, saúde, porque todos juntos, fazem do Tarrafal um verdadeiro destino turístico e alternativa para formação de jovens quadro do país”, sublinhou.

Os deputados do MpD terminaram a sua visita em casa da avó do atleta paralímpico Gracelindo Barbosa, campeão de mundo dos 400 metros barreiras aos de 100 metros livres e 110 metros barreiras,  gesto em jeito de homenagem, ajuntou o deputado, para mostrar à população que a educação é a “chave que abre todas as portas”.

” Se ele foi educado aqui, com humildade e com as condições que a família tem e hoje é campeão do mundo, isso mostra que temos de começar a educar dentro de casa e na família e depois ir para as instituições”, concluiu José Soares.

AM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
[wd_asp elements='search' ratio='100%' id=2]
    • Categorias

  • Galeria de Fotos