Tarrafal de São Nicolau: Grupo de jovens desenvolve trabalho voluntário de protecção de tartarugas

Cidade do Tarrafal, 21 Set (Inforpress) – Um grupo de jovens na cidade do Tarrafal de São Nicolau está a desenvolver um trabalho voluntário de protecção de tartarugas marinhas nas praias do Tarrafal.

À Inforpress, o líder do grupo Amigos das Espécies Marinhas (ADEM), Matias Antunes, disse que a ideia da criação do grupo surgiu como o objectivo de protegerem as tartarugas marinhas e o seu habitat nesta época de desova, para evitar a captura dessas espécies.

“Logo no início da época de desova, uma tartaruga foi capturada na praia na zona de Escada e reparamos que apenas foi morta e não consumiram a carne. Assim, decidimos organizar para prestar um trabalho voluntário nas praias”, realçou.

Matias Antunes adiantou que apesar das dificuldades, têm conseguido desenvolver “bom trabalho”, mas a falta de alguns materiais adequados continua a ser um dos maiores constrangimentos.

“Não possuímos lanternas adequadas para o trabalho de monitoramento, usamos as luzes dos nossos telemóveis o que pode perturbar o processo”, justificou.

Segundo a mesma fonte, o grupo, depois de algum tempo e diversas situações de perigo, conseguiu a protecção das autoridades policiais e acrescenta ainda que não trabalham em parceria com nenhuma instituição.

O grupo pretende continuar a desenvolver o seu trabalho mesmo após o período de desova, com a realização de campanhas de limpeza nas praias, acções de sensibilização, de forma a proteger outras espécies marinhas.

LS/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos