Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Tarrafal de Monte Trigo: Utentes voltam a queixar-se do elevado preço de transporte rodoviário e esperam que concorrência faça baixar custo

Porto Novo, 08 Out (Inforpress) – Os utentes da estrada Tarrafal de Monte Trigo/cidade do Porto Novo, Santo Antão, voltam a queixar-se do “elevado preço” praticado pelos veículos de transporte de passageiros, esperando que a concorrência entre os operadores faça baixar o custo.

Os utentes desta estrada nacional, estimada em 50 quilómetros, têm alertado para o facto de o preço de 700 escudos por deslocação ser “incomportável” para a “grande maioria” das pessoas que a utiliza, pedindo a “quem de direito” a fixação de “um preço justo” de transporte nesta via, inaugurada há oito meses.

Analides Évora, em nome dos utilizadores, propôs que seja discutido com os operadores dos transportes a questão do preço e estabelecer “um preço justo, que todos possam pagar”.

Para se deslocar à cidade do Porto Novo, as pessoas pagam 1.400 escudos (ida e volta), o mesmo valor que pagavam quando a estrada era de terra batida e cujo percurso se fazia em três horas, explicam os utentes.

Com a requalificação dessa via, faz-se o trajecto em uma hora, mas o custo de transporte mantém-se, dizem as pessoas.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos