Tarrafal: Câmara promove Semana D’África para celebrar a diversidade e a riqueza cultural do continente

Tarrafal, 24 Mai (Inforpress) – A Câmara Municipal do Tarrafal, no interior de Santiago, realiza de 25 a 31 de Maio a Semana D´África para celebrar a diversidade e riqueza do continente africano, cuja efeméride é assinalada anualmente a 25 de Maio.

Segundo a edilidade tarrafalense, durante uma semana as artes plásticas, a música, a dança, o cinema, a moda, a gastronomia e as tradições da República do Congo, do Senegal, da Guiné-Bissau, de São Tomé e Príncipe vão ser partilhadas com os tarrafalenses e todos os que visitam este município santiaguense.

A semana de intercâmbio e enriquecimento cultural no Tarrafal, promovida em parceria com a Embaixada do Congo em Dakar e a Embaixada do Senegal na Praia, inicia-se no dia 25, Dia de Africa, com a abertura da exposição de artes plásticas e da Caravana Bantu, no Mercado de Artesanato e Cultura.

Constam da programação “história e cultura da República do Congo, pelo Clube de Língua Francesa na Escola Secundário do Tarrafal (EST), visita de estudo com estudantes da EST ao espaço de exposição com sessão de esclarecimentos, organizada pela Plataforma das Comunidades Imigradas de Tarrafal e uma sessão de filme/documentários (26 de Maio).

E ainda debate “Mbongui – um instrumento de resolução de conflitos na tradição congolesa”, sessão de filme/documentários (27 de Maio), noite de músicas e danças da África: animação de Perfet Yong (Congo), e ainda grupos de dança do Senegal, de São Tomé e Príncipe e música da Guiné-Bissau (28 de Maio), e Luta tradicional senegalesa (29 de Maio) e desfile de moda 30 de Maio).

A primeira edição da Semana D’África no município do Tarrafal, cujas actividades têm como palco o Mercado Artesanato e Cultura, termina no dia 31 de Maio com a realização de actividades culturais.

O Dia da África comemora-se anualmente a 25 de Maio.

O dia 25 de Maio é considerado o Dia de África porque foi neste dia, em 1963, que se criou a Organização de Unidade Africana (OUA), na Etiópia, com o objectivo de defender e emancipar o continente africano.

Em 1972, a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu o dia 25 de Maio como o Dia da África ou o Dia da Libertação da África.

Em 2002, a OUA foi substituída pela União Africana, mas a celebração da data manteve-se. Este dia recorda a luta pela independência do continente africano contra a colonização europeia e contra o regime do Apartheid, assim como simboliza o desejo de um continente mais unido, organizado, desenvolvido e livre.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos