Tarrafal: Autarca vaticina um município “mais desenvolvimento e socialmente mais justo” no final do mandato (c/vídeo)

Tarrafal, 14 Jan (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal do Tarrafal, José Nunes Soares, disse hoje estar convicto de que no final do mandato, Tarrafal será maioritariamente reconhecido como município “mais desenvolvimento e socialmente mais justo”.

O autarca tarrafalense manifestou esta intenção hoje, quando discursava na sessão solene da Assembleia Municipal , no âmbito do Dia do Município e santo padroeiro Santo Amaro Abade, que se assinala esta quarta-feira,15, acto que foi presidido pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Em jeito de balanço do mandato 2016-2020, o autarca do Tarrafal de Santiago assegurou que o mesmo foi um mandato “comprometido com algumas medidas e propostas estruturais” que abarcam vários sectores do desenvolvimento.

A nível da água, destacou a reabilitação e ampliação da rede de abastecimento de água, tendo assegurado que esse município do interior de Santiago ocupa um “lugar cimeiro” em matéria de produção e abastecimento de água.

Aliás, informou que o concelho tem registado também melhoria na produção de água para as populações e para a agricultura.

Ainda neste sector, lembrou que foram instalados painéis solares para permitirem o aumento de água para a irrigação no perímetro irrigado de Colonato de Chão Bom, que, de momento, disse estar a receber um projecto que ronda os 13 milhões de escudos, para o aumento de água para a agricultura, onde laboram diariamente 204 famílias.

Ampliação da rede de saneamento básico, a conservação de espaços verdes em todo concelho, com destaque para a Avenida da Liberdade, das maiores do país, que alberga corredor verde, ciclovia e pedonal, melhoria e conservação de arruamentos, reabilitação e construção de mais de cinco quilómetros de estradas, foram apontados pelo edil como outros resultados e obras do seu mandado.

A mesma fonte destacou ainda como ganhos do mandato 2016-2020 a sinalética urbana e segurança rodoviária, investimentos no sector da protecção civil com a aquisição de uma ambulância e um camião de combate ao incêndio e formação aos bombeiros voluntários.

No desporto, informou que a edilidade tem investido na melhoria e na criação de novos espaços dedicados à prática desportiva, mormente a conclusão do pavilhão desportivo inaugurado esta tarde, pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, do estádio municipal e do ‘skate park’.

Destacou ainda melhoria da higiene urbana e salubridade pública, com a aquisição de um novo camião de resíduos sólidos e de dezenas de contentores, melhoria de condições de acesso à saúde, melhor planeamento e organização urbana e urbanística, a promoção turística e de melhores condições de acolhimento, a melhoria da qualidade e da dignidade do parque habitacional.

A nível da Juventude, enalteceu ganhos no que diz respeito à promoção da qualidade da educação e formação profissional para os jovens, com destaque a instalação ainda este ano do Centro de Emprego e Formação Profissional do Tarrafal.

No domínio da acção social, como prova de que a câmara que lidera tem “rosto humano”, mencionou o Centro Municipal de Cuidados “Graciosa”, Loja Social e atribuição de Rendimento de Inclusão Social a 110 famílias.

Modernização administrativa, com destaque para instalação do Balcão Único nos Paços do Concelho, delegação municipal de Chão Bom, de Achada Tenda e de Ribeira das Pratas, novo Código de Postura Municipal, desencravamento de zonas como Achada do Meio, Achada Ponciano e asfaltagem de Fazenda num investimento de 64 milhões de escudos com obras em curso, são outras obras e ganhos apontados.

Incentivo à cultura, ao desporto e à pesca, com distribuição de cinco pequenas embarcações, tendo anunciado para “breve” a distribuição de mais 19 motores para peixeiras e pescadores desse município do interior de Santiago, destacam-se entre as realizações do mandato 2016-2020, que, segundo o autarca são frutos de resultados da parceria entre a câmara e Governo.

Na agricultura e pecuária, destacou a distribuição de lotes para construção de currais e pocilgas, reparações de diques e poços, construções de bebedouros metálicos, distribuição de motobombas, reparação de espelho de água para aumentar a capacitação de água da chuva e subsídio para aquisição de pasto.

“Estas foram as propostas e medidas assumidas e executadas e que cremos terem permitido levar substancialmente a qualidade de vida das populações e bem assim dos padrões de um desenvolvimento que se quer sustentável. Com tudo, isso foi possível no município gerar dezenas de postos de emprego, fez crescer a economia local e jovens empreendedores estão a montar os seus próprios negócios”, vincou o autarca.

Para este ano, informou que a curto prazo vão inaugurar o miradouro de Monte Mosca, em Chão Bom, tendo ainda perspectivado para o corrente ano o arranque das obras da orla marítima, a criação e instalação da polícia municipal, rua pedonal e placa desportiva de Cabeça de Carreira.

“(…) Todos juntos transformaremos Tarrafal num município de progresso, inclusivo e solidário, onde todos ambicionarão poder viver (…). Que em 2020 ou 2021 que ex-campo de concentração seja elevado à categoria de património da humanidade”, vaticinou José Nunes Soares.

FM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos