“Sobreviventes” de VBG criam um movimento para que as vozes das vítimas sejam ouvidas

Cidade da Praia, 08 Mar (Inforpress) – Um grupo de jovens, que consideram ser sobreviventes de Violência Baseada no Género, uniram-se num movimento denominado “Obim nha voz” (escute a minha voz) para que as vozes das vítimas sejam ouvidas e assim possam ser ajudadas. Em declarações hoje à Inforpress, uma das coordenadoras do movimento, Mónica […]