ONU apela a recuo do Brunei na adopção de pena de morte para gays e adúlteras

Genebra, 01 Abr (Inforpress) – A ONU classificou hoje como cruel e desumana a nova legislação que instaura a pena de morte para homossexualidade ou adultério no Brunei, pequeno Estado do sudeste asiático muito rico em petróleo. “Apelo ao governo [do Brunei] para que não deixe entrar em vigor o novo código penal draconiano que, […]