Guiné Equatorial: Malabo espera que CPLP faça “um pouco mais” na resposta às explosões

Lisboa, 13 mar (Inforpress) – As autoridades da Guiné-Equatorial esperam que a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) faça “um pouco mais” e tenha uma “presença activa” perante a catástrofe causada pelas explosões, no domingo, em Bata, disse o embaixador em Lisboa. “A Guiné Equatorial espera uma presença activa da CPLP”, afirmou à Lusa […]