Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Standard & Poor’s mantém rating da dívida pública de Cabo Verde em nível “estável” (B/B)

 

Cidade da Praia, 10 Mai (Inforpress) – A agência de notação financeira Standard & Poor’s (S&P) manteve a classificação da dívida pública de Cabo Verde em “estável”, ao confirmar o nível B/B no seu último relatório divulgado semana passada e citado pelo governo cabo-verdiano.

Segundo uma nota de imprensa enviada à Inforpress, a S&P manteve a notação do rating em B/B para a dívida pública de curto e longo prazos tanto em moeda local como estrangeira, assinalando também a perspectiva favorável do crescimento económico para Cabo Verde.

“Cabo Verde beneficia de fortes acordos institucionais, o que traduzirá num quadro macroeconómico estável a prazo”, refere o relatório da agência de notação financeira, citado pelo executivo.

Entretanto, de acordo com mesma fonte, a entidade chama a atenção para o alto nível da dívida pública, alertando também que tal poderá prejudicar a dinâmica económica do país, isto, apesar da perspectiva da diminuição do stock da divida em relação ao produto interno bruto (PIB) no ano de 2018.

“Com a graduação de Cabo Verde para país de rendimento médio e fim do período de graças que permita a contratação de financiamento em condições concessionais, passará haver uma maior pressão nas finanças públicas, dado ao aumento da exigência dos serviços da dívida, ao longo da próxima década”, lê-se no documento do Governo.

“Além disso, há que levar em consideração a vulnerabilidade do país ao risco cambial, considerado que parte relevante do stock da divida é constituída em moeda estrangeira”, acrescenta a mesma fonte.

A S&P prevê uma melhoria dos ratings do país, se as pressões fiscais e externas foram objectivamente reduzidas e cita como exemplo os impactos positivos dos investimentos estrangeiros no sector do turismo se verificar acima do esperado, ou ainda se se registar um esforço mais acentuado dos ajustes orçamentais do Governo capaz de conduzir a dívida pública do país a uma trajectória descendente.

Entretanto, alerta que a classificação pode deteriorar se a performance da balança de pagamentos se deteriorar, comparado com as previsões que se faz nesse momento.

O relatório anterior tinha sido divulgado em Outubro e na altura a S&P tinha alterado a classificação da dívida pública cabo-verdiana de Cabo Verde de “negativo” para “estável”.

Na ocasião, alertou que caso Cabo Verde melhorasse as suas espectativas, o nível de rating poderia ser melhorado, mas que caso as espectativas para o crescimento e a consolidação orçamental não se verificar, o nível de rating seria baixado.

MJB/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos