Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Spike Lee diz em Cannes que o mundo é dominado por “bandidos”

Cannes, França, 07 Jul (Inforpress) – O realizador norte-americano Spike Lee, que preside ao júri do festival de Cinema de Cannes, afirmou hoje que o mundo é “governado por bandidos” e deu como exemplos o brasileiro Jair Bolsonaro e o russo Vladimir Putin.

Spike Lee, o primeiro negro a presidir ao júri de Cannes, falava na conferência de imprensa de abertura do festival francês, ladeado pelos outros jurados da seleção oficial da 74.ª edição, entre os quais o realizador brasileiro Kleber Medonça Filho.

Na curta intervenção, Spike Lee lamentou que se perpetuem os ataques racistas ou contra a comunidade LGBTQI+, sublinhando que “o mundo é gerido por bandidos”.

“Não têm moral, não têm escrúpulos. É o mundo em que vivemos e temos de continuar a denunciar bandidos como eles”, disse, nomeando os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e da Rússia, Vladimir Putin.

Aliás, a governação de Bolsonaro foi abordada na ronda de imprensa por Kleber Mendonça Filho, que criticou a gestão da pandemia da covid-19 no Brasil e lamentou o “desprezo pela Cultura”.

“A Cinemateca do Brasil está encerrada há mais de um ano, todos os técnicos e especialistas foram despedidos. Quando as pessoas de fora do Brasil me perguntam como podem ajudar, eu digo-lhes que é escrevendo sobre isso, falando sobre isso”, afirmou Kleber Mendonça Filho.

Já em 2016, quando apresentou o filme “Aquarius”, Kleber Mendonça Filho protagonizou um momento político na passadeira vermelha em Cannes, envergando cartazes a criticar o processo de destituição da então presidente do Brasil, Dilma Rousseff.

O júri da selecção oficial integra ainda Maggie Gyllenhaal, Mélanie Laurent, Jessica Hausner, Mati Diop, Myléne Farmer, Tahar Rahim e Kang Ho Song.

O Festival de Cinema de Cannes começa hoje com a estreia do filme “Annette”, de Leos Carax, um musical protagonizado por Adam Driver e Marion Cotillard e com música dos Sparks.

Hoje é ainda entregue a Palma de Ouro de carreira à actriz e realizadora norte-americana Jodie Foster.

Na competição oficial de curtas-metragens está o filme “Noite Turva”, do realizador português Diogo Salgado.

Na Quinzena dos Realizadores, uma das secções paralelas de Cannes, estará “Diários de otsoga”, de Maureen Fazendeiro e Miguel Gomes.

Inforpress/Lusa

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos