Situação económica das famílias e do país evoluiu negativamente no primeiro trimestre 2017

 

Cidade da Praia, 10 Mai (Inforpress) – A situação económica das famílias e do país evoluiu negativamente, no primeiro trimestre de 2017, em relação ao trimestre homólogo, informou hoje, na Cidade da Praia, o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Entretanto, segundo os dados divulgados pelo INE, tanto os preços de bens e serviços como o desemprego no país, diminuíram face ao trimestre homólogo.

Cerca de 82% dos inquiridos, consideraram que com a situação económica actual do país, não será possível poupar dinheiro, mantendo a percepção em relação ao trimestre homólogo.

De realçar que 12% dos inquiridos afirmam ser possível poupar algum dinheiro com a actual situação económica do país sendo que, no trimestre homólogo era de cerca de 10,5%.

Para os próximos 12 meses, o inquérito revela que tanto a situação financeira das famílias como a económica deverão evoluir positivamente face ao mesmo período do ano 2016.

Segundo as famílias inquiridas, tanto os preços de bens e serviços como o desemprego deverão diminuir quando comparado com o trimestre homólogo.

Os dados divulgados pelo INE revelam também que cerca de 97% dos inquiridos afirmam ter a certeza absoluta que não tencionam comprar um carro nos próximos dois anos.

Relativamente à intenção de comprar ou construir uma casa nos próximos dois anos, também a maioria dos inquiridos (87%) é de opinião de que não irá adquirir, nem construir uma casa, contra 91% registado no período homólogo.

JL/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos