Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Situação do paludismo na Cidade da Praia está controlada – garante Directora Nacional da Saúde

 

Cidade da Praia, 04 Ago (Inforpress) – A directora nacional da Saúde, Maria da Luz Mendonça disse hoje que a situação do paludismo na Cidade da Praia está “controlada”, não se tendo registado nenhum caso nos últimos dias.

“Temos tido actividades de terreno musculadas para combater e reduzir os focos de replicação dos mosquitos nos viveiros. Felizmente, a redução de casos é confortável para nós, mas temos que continuar com as actividades em força para que não haja mais casos de paludismo”, precisou a directora nacional de Saúde.

Maria da Luz Lima Mendonça fez estas declarações à imprensa à margem da cerimónia de encerramento de uma acção formativa de capacitação dos membros das comissões municipais de Saúde, hoje na capital.

Para esta médica, além das autoridades, a população também tem a responsabilidade de contribuir para a redução dos focos de mosquitos no país, colaborando na eliminação de águas paradas e de lixos.

Referindo-se à campanha de prevenção em curso, disse que se realizaram várias actividades, além de um “reforço da parceria com a Câmara Municipal da Praia” com vista à destruição dos pardieiros e outros locais que contribuem para a proliferação de mosquitos.

“Por outro lado, houve também o reforço, no terreno, de contactos porta-a-porta, assim como de publicidades ao nível dos media que nos têm ajudado de forma imensa na sensibilização das pessoas no sentido de evitarem situações que causem a criação de mosquitos vectores do paludismo”, indicou a responsável, acrescentando que a “aposta maior” é na prevenção.

Sobre a “mega” campanha de limpeza prevista para este sábado em todos os bairros da Cidade da Praia, afirmou que esta iniciativa “vai contribuir imenso para a redução dos focos dos mosquitos”.

Esta limpeza é promovida pela CMP, em parceria com a Delegacia de Saúde da Praia.

Até finais de Julho tinham sido registados 53 casos de paludismo na cidade capital, sendo 49 autótones.

Conforme dados oficiais, no ano 2012, até o mês de Julho o país não teve casos de paludismo, zero casos em 2013, quatro casos em 2014, zero casos em 2015 e um caso em 2016.

LC/FP

Inforpress/Fim

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos