Sindicatos anunciam pré-aviso de greve dos trabalhadores do Instituto do Turismo para dias 14 e 15

Cidade da Praia, 10 Abr (Inforpress) – O Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública Central (Sacar) e o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública de Santiago (STAPS) anunciaram hoje um pré-aviso de greve dos trabalhadores do Instituto do Turismo para 14 e 15 deste mês.

O anúncio foi feito hoje na Cidade da Praia, pelo presidente do STAPS, Fernando Baldé, explicando que o que está em causa é a não existência do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) de 15 funcionários.

“Desde que se fez a transição da Direcção-Geral do Turismo para o Instituto do Turismo, houve uma promessa de se elaborar um PCCS para os funcionários”, salientou.

Conforme o dirigente sindical, até agora não existe PCCS e “já lá vão quase dois anos“ que os funcionários estão à espera que a promessa se concretize.

“Em Fevereiro desde ano, os funcionários manifestaram, através de uma carta endereçada ao conselho de administração, reivindicando o PCCS, tendo a administração prometido que a publicação sairia até Março de 2021”, argumentou.

No entanto, conforme Fernando Baldé, os 15 funcionários aguardam até agora que a Direcção Nacional da Administração Pública (DNAP) e o conselho de administração do Instituto do Turismo publiquem o PCCS.

Segundo Fernando Baldé a Direcção-Geral do Trabalho (DGT) já marcou para o dia 12 de Abril, um encontro de conciliação com os funcionários e, caso houver um entendimento entre as partes a greve “cairá por terra”.

DM/CP

Inforpress/Fim 

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos