Sindicato denuncia problemas no bloco operatório do Hospital da Praia e pede “intervenção urgente”

Cidade da Praia, 09 Jan (Inforpress) – O presidente do Sindicato Nacional dos Enfermeiros e Técnicos de Saúde (SNETS) revelou hoje, em conferência de imprensa, que o bloco operatório do Hospital da Praia está “a passar por problemas” e exigiu uma “intervenção urgente” nesse serviço.

Segundo José Manuel Pereira Vaz, a estrutura, por ser o serviço “mais importante” do Hospital da Praia, passa por problemas que têm” ditado a redução de tempo cirúrgico em quase todas as especialidades”.

Afirmou ainda que a diminuição de cirurgias, nos últimos tempos em diferentes especialidades, deve-se ao facto de o Hospital Agostinho Neto se encontrar sem aparelho de anestesia.

“Precisamos de aparelhos de anestesia novos para podermos abrir outras salas de anestesia, e isso são preocupações que o hospital tem de ter em conta e que deve ser a maior prioridade, em vez de se estar a envidar por esguias sem importância”, disse.

Questionado se este problema tem ditado dificuldades na prática de cirurgias no estabelecimento hospitalar, o mesmo adiantou que quem pode responder a isso devem ser os cirurgiões.

PC/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos