Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Sindicato apela a “participação massiva” das pessoas na manifestação de 13 de Janeiro

Cidade da Praia, 09 Jan (Inforpress) – O presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Instituições Financeiras (STIF) apelou hoje a uma “participação massiva” das pessoas na manifestação de 13 Janeiro, considerando que os cidadãos têm direito de exigir do Governo o cumprimento das promessas.

Aníbal Borges fez esta consideração à Inforpress, à margem das visitas que efectuou hoje às igrejas de Nazareno e Adventista, na Cidade da Praia.

Segundo disse, a “manifestação é legítima”, indicando que “não se tratar de nenhuma convulsão social”, mas sim um exercício de cidadania que vai acontecer em todo território nacional.

Questionado sobre as declarações do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, de que os motivos apresentados para a manifestação não convencem, o sindicalista argumentou que a leitura do chefe de Governo não é de se estranhar, face aos resultados que têm apresentado à sociedade.

No seu entender, a situação concreta que os trabalhadores vivem é de congelamento salarial desde 2011 a esta parte, problema da não redução dos impostos, conforme “acordado e prometido” pelo Governo de um por cento anualmente, e a questão da morosidade da justiça.

Por outro lado, indicou também o desemprego, salientando que apesar de o Governo e os dados estatísticos confirmarem a sua diminuição, a verdade é que “a taxa continua bastante elevada” e “ninguém consegue ver” os sectores em que houve aumento de emprego.

“É um direito que os trabalhadores têm de exigir ao Governo mais respeito e que honrem com os compromissos assumidos”, precisou.

Quanto às visitais que realizou hoje às igrejas, sublinhou que estão enquadradas nos contactos que têm mantido com instituições nacionais para apresentar as preocupações que os trabalhadores deparam neste momento.

A União Nacional dos Trabalhadores de Cabo Verde – Central Sindical (UNTC-CS) convocou para este sábado, 11, uma manifestação na Cidade da Praia, e para o dia 13, Dia da Liberdade e da Democracia, está marcada uma outra manifestação a nível nacional, convocada por um grupo de 12 sindicatos.

HR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos