Sindep pede influência do Presidência da República para que direitos dos professores sejam respeitados (corrigido)

Cidade da Praia, 06 Mai (Inforpress) – O Sindicato Nacional e Democrático dos Professores, (Sindep) pediu hoje ao Presidente da República que exerça a sua magistratura de influência para que os direitos dos professores sejam respeitados e as reivindicações cumpridas.

O apelo foi feito pelo presidente Sindicato Nacional e Democrático dos Professores, Jorge Cardoso que falava aos jornalistas após ser recebido em audiência pelo Chefe de Estado, José Maria Neves, a quem apresentou as preocupações e desafios que afligem a classe.

O sindicalista disse que o encontro serviu também para partilhar com o Presidente da República a situação ocorrida na última manifestação dos professores que decorreu a 23 de Março, onde a Polícia Nacional impediu os manifestantes de percorrerem a Avenida Cidade de Lisboa passando a frente do Palácio do Governo para se concentrarem no largo do Estádio da Várzea.

“O Presidente da República nos informou que tem acompanhado toda a evolução deste processo e que estará atento e que poderemos contar com ele em todas as ocasiões porque são reivindicações justas e que o Governo deverá encontrar melhor solução e melhor caminho para resolver essas questões”, apontou.

Por outro lado, adiantou que o próximo encontro entre o sindicato e o ministro da Educação está agendado para meados de Junho a Julho e conforme for o resultado e as conclusões saídas desta reunião, o Sindep irá pronunciar-se sobre o agendamento das próximas formas de luta reivindicando os seus direitos.

AV/HF

Inforpress/Fim

(NO TÍTULO E NO LEAD SUBSTITUIU-SE A EXPRESSÃO “OS SEUS DIREITOS SEJAM RESPEITADOS” PARA “OS DIREITOS DOS PROFESSORES SEJAM RESPEITADOS)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos