Sincop anuncia paralisação e manifestação dos condutores profissionais na ilha do Santiago

Cidade da Praia, 16 Out (Inforpress) – O presidente do Sindicato Nacional de Condutores Profissionais (Sincop), Domingos Tavares, anunciou hoje, na Cidade da Praia, uma deliberação de paralisação com manifestação no próximo dia 19 de Outubro, segunda-feira.

Domingos Tavares, que falava em conferência de imprensa, fez saber que os condutores profissionais da Cidade da Praia vão estar todos numa manifestação na próxima segunda-feira para reivindicar os seus direitos.

“Nos fizemos várias reivindicações pacíficas, mas nenhum dos nossos problemas foram resolvidos, com isso decidimos fazer uma paralisação com a maioria dos condutores profissionais na ilha de Santiago para manifestar os nossos descontentamentos”, revelou.

O presidente do Sindicato Nacional de Condutores Profissionais (Sincop) disse que são vários os problemas que motivaram o descontentamento dos condutores profissionais levando-os a recorrerem a uma medida mais drástica que é a paralisação.

“Uma das causas é o preço do cartão de licença dos táxis que está muito exagerado, pois normalmente é pago por 1.500 escudos, mas a Câmara Municipal da Praia está a cobrar cinco mil escudos”, frisou o sindicalista, explicando que de acordo com a deliberação da assembleia municipal só é pago esse preço caso o condutor perca a sua carta.

Segundo o presidente do Sincop, também estão a reivindicar a suspensão da cobrança dos impostos, cobrança da renovação de alvará referente ao ano de 2020, melhoramento do piso da paragem, controlo rigoroso para táxis clandestinos, entre outros.

Domingos Tavares finalizou apelando às autoridades competentes para normalizarem a lotação dos passageiros nos hiaces, justificando que os condutores estão a ser prejudicados, visto que continuam a pagar o mesmo preço dos impostos de circulação.

O Sincop foi criado a 18 de Outubro de 2018 e, desde então, conforme sublinhou o seu líder, tem privilegiado o diálogo como uma das melhores formas de resolver os problemas que afligem a classe.

DM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos