Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

SIACSA vai avançar com greve dos estivadores do porto da Praia a partir desta quinta-feira

 

Cidade da Praia, 11 Abr (Inforpress) – O presidente do SIACSA, Gilberto Lima, disse hoje que a Enapor “violou” os direitos dos estivadores e sindicatos quanto ao novo horário de trabalho, por isso vão avançar com greve para esta quinta-feira, 13, por tempo indeterminado.

O presidente do Sindicato da Indústria Geral, Alimentação, Construção Civil, Agricultura e Serviços Afins (SIACSA), Gilberto Lima, fez esta declaração hoje, na Cidade da Praia, no âmbito da comunicação sobre as negociações ocorridas e as posições assumidas pelas partes.

“Na reunião entre o sindicato e a Enapor não se chegou a nenhum entendimento, quanto à suspensão do novo horário de trabalho que se implementou à revelia dos sindicatos e dos próprios trabalhadores”, disse, sublinhando que a Enapor “violou” frontalmente os direitos dos envolvidos.

O sindicalista apontou ainda que no encontro que aconteceu esta segunda feira, 10, na Direcção Geral de Trabalho com presença dos sindicatos, a direcção da Enapor mostrou-se “irredutível” quanto à modificação do horário de trabalho que vigorava há mais de 40 anos, e solicitou somente que os estivadores suspendessem a greve.

“A Enapor possui o velho slogan, quero, posso e mando”, afirmou, acrescentando que só assim entende o porquê da decisão da Empresa de Administração dos Portos de Cabo Verde (Enapor).

Por outro lado, Lima salienta a adesão de alguns trabalhadores para com o novo horário, mas apela a “mais respeito” e audição por parte da direcção do Porto da Praia, para assim as partes chegarem a consenso.

A medida da Enapor em implementar o novo horário de trabalho entrou em vigor no passado sábado, 01 de Abril, o que levou os trabalhadores a avançarem para uma manifestação pacífica nas instalações do porto da Praia, reclamando o retorno do horário de trabalho que vinham exercendo há mais de 40 anos, o que não se “consumou” e resultou em greve que vai acontecer esta quinta-feira, 13.

De salientar que a Inforpress tentou ouvir a Enapor na Cidade da Praia, o que não foi possível, pois, afirmaram que somente a Direcção da empresa em São Vicente pode pronunciar sobre o assunto.

Quanto aos bombeiros municipais da Praia, o presidente do SIACSA adiantou que já possuem um estatuto, faltando apenas fazer alguns reparos nas categorias profissionais e nos salários.

“O índice dos salários deveria situar-se entre 60 mil escudos para os bombeiros que vão entrar agora na sua função, daí que vamos dar o nosso parecer e dentro de uma semana estaremos em condições de o apresentar à Câmara Municipal da Praia”, enfatizou.

O sindicalista aproveitou o momento para pronunciar-se também sobre os trabalhadores da empresa Polinertes, uma vez que, explicou, existe uma “complicação” entre os sócios que está a prejudicar os trabalhadores e credores do mesmo, por isso adiantou que o SIACSA está por dentro e vai defender os direitos dos profissionais daquela empresa.

A greve dos estivadores inicia-se esta quinta-feira às 07:30 no Porto da Cidade da Praia.

AF/ZS

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos