Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Serviços da Protecção Civil e Bombeiros passam a fazer encontros periódicos para preparar intervenções

Cidade da Praia, 08 Ago (Inforpress) – O comandante regional dos Serviços da Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB), Valdir Rodrigues, garantiu hoje que vão passar a fazer encontros periódicos com instituições para preparar intervenções em Santiago Sul.

Em entrevista à Inforpress, Valdir Rodrigues disse que ao invés das reuniões antes da época das chuvas, tal como aconteceu hoje em São Domingos, os encontros com as instituições vão passar a ser periódicas para que possam ver onde é que podem melhorar as actuações no que tange à prevenção e reação a acidentes graves e catástrofes, a protecção e socorro das populações e também para se “mitigar” os seus efeitos.

“Viemos para discutir o que é que cada instituição está a fazer na questão de prevenção, e como é que podemos trabalhar em conjunto para minimizar os efeitos da chuva. Porque chuva é bem-vinda, mas traz alguns problemas”, realçou Valdir Rodrigues.

De acordo com este responsável, na reunião levada a cabo hoje, além dos serviços da protecção civil, participaram a delegada da saúde da Praia, representantes do Ministério da Agricultura, Meteorologia, Guarda Municipal e ainda representantes dos municípios de Praia, São Domingos e Ribeira Grande de Santiago que fazem parte da região de Santiago Sul.

Entretanto, uma das questões levantadas durante o encontro foi a “falta de sinergias” entre as instituições que intervém nos casos de catástrofes, epidemias, protecção, prevenção e socorro das populações.

Segundo os intervenientes ao encontro, a falta de coordenação tem sido um dos principais entraves para uma actuação imediata e eficiente para prevenir e mitigar os efeitos dos desastres naturais.

Para colmatar esta lacuna, ajuntou Valdir Rodrigues, o SNPCB vai funcionar como ponte entre estas instituições para saber onde cada um está a intervir e ajudar uns aos outros.

“O Ministério da Edução tem o seu âmbito de actuação, a Meteorologia tem a sua, a Câmara Municipal também tem a sua, mas se formos ver estamos todos a trabalhar no mesmo sentido que é servir a população”, defendeu.

Este ano, conforme Rodrigues, os encontros nacionais antes da época das chuvas passaram a ser regionais. Por isso, já foram realizadas reuniões semelhantes em Santiago Norte e nas regiões de Fogo e Brava.

Já nas regiões de São Vicente e Santo Antão e São Nicolau as reuniões estão a ser preparadas pelos directores de operação devendo acontecer brevemente.

CD/FP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos