Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Serviço de Protecção Civil e Bombeiros realiza campanha de sensibilização “Praia sem covid-19”

Cidade da Praia, 27 Abr (Inforpress) – O Serviço de Protecção Civil e Bombeiros realiza, brevemente, uma campanha de sensibilização massiva, “Praia sem covid-19”, devido ao aumento exponencial de novas infecções da covid-19, visando chamar atenção da população para o cumprimento das regras sanitárias.

Segundo o presidente interino, Hélio Semedo, o SPCB vai reunir todas as autoridades locais e a rede das associações comunitárias e movimentos sociais da Praia, que será o parceiro estratégico, para juntos realizarem esta acção de sensibilização.

“A nossa saída vai ser estratégica”, avançou, salientando que estão na fase de identificação dos bairros com maior número de casos positivos, que serão as localidades onde irão actuar.

“A nossa abordagem vai ser porta-a-porta e directa com as pessoas, apelando para o distanciamento social, o uso de máscaras e a higienização das mãos”, enfatizou.

Este responsável fez saber, igualmente, que vão adoptar todas as medidas na decorrência desta campanha, sobretudo evitar as aglomerações e fazer o uso das máscaras, para que tudo ocorra na maior normalidade.

Hélio Semedo adiantou que o serviço de protecção civil e bombeiros tem estado a fazer um acompanhamento, de perto, de todas as actividades que têm vindo a ser realizadas no País, fazendo fiscalizações diurnas e nocturnas.

Na decorrência destas fiscalizações, no final de semana de 23 a 25 do corrente, na Cidade da Praia, foram encerrados alguns espaços de diversão nocturna, nomeadamente Pubs e discotecas, festas privadas ilegais e dispersão de aglomerações de pessoas na via pública.

As acções de fiscalização têm vindo a ser levadas a cabo pela equipa multidisciplinar, constituída pela Polícia Nacional (PN), a Inspecção-Geral das Actividades Económicas (IGAE), a Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS), a Inspecção Geral do Trabalho (IGT) e as Forças Armadas (FA).

Segundo Semedo, durante as fiscalizações têm adoptado o método pedagógico para fazer a população cumprir as regras sanitárias e ressaltou que continuarão com as acções de fiscalização em todo o País, realizadas por equipas multidisciplinares.

TC/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos