Seminário Diocesano de São José na Cidade da Praia celebra 60 anos de reabertura

 

Cidade da Praia, 06 Out (Inforpress) – A Diocese de Santiago celebra este sábado, 07 de Outubro, 60 anos de reabertura do Seminário Diocesano de São José, na Cidade da Praia, instituição que se tem dedicado à formação de sacerdotes e outros quadros para a sociedade.

Segundo o reitor do seminário, o Padre José Álvaro Borja, 60 anos depois o seminário de São José tem 40 padres formados não só da ilha de Santiago, mas também de todo Cabo Verde e da Guiné Bissau.

Neste momento.  conta com um total de 32 seminaristas, dos quais quatro são estagiários. Depois de um período de “crise” , explicou, a Diocese vem nos últimos anos registar ordenações de padres todos os anos.

O padre José Álvaro Borja lembra que o seminário não formou apenas padres, mas também ajudou na formação de muitas “pessoas ilustres” de Cabo Verde, como professores, músicos, magistrados entre outros.

Tudo começou em 1956, com a chegada a Cabo Verde do bispo Dom José Colaço para assumir a Diocese. Dom José trazia a ideia de reabrir o seminário para a formação de padres cabo-verdianos.

O Seminário-liceu de S. José Seminário de São Nicolau tinha sido obrigado a fechar as portas em 1917, na sequência do golpe à Igreja com a instauração da República em Portugal em 1910.

Os 60 anos de reabertura do Seminário de São José vai ser celebrada com uma missa a ser presidida pelo Cardeal Dom Arlindo Furtado, às 10:30 deste sábado.

MJB/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos