Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Selecção brasileira declara-se “contra a organização da Copa América”

Lisboa, 09 Jun (Inforpress) – A selecção de futebol do Brasil declarou-se “contra a organização da Copa América” num manifesto conjunto partilhado nas redes sociais por vários jogadores, incluindo o capitão e maior estrela brasileira, Neymar.

A Copa América está marcada para começar no Brasil no domingo.

“Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à Selecção Brasileira”, lê-se no comunicado, endereçado “aos mais de 200 milhões de torcedores” brasileiros.

“Somos um grupo coeso, porém com ideias distintas. Por diversas razões, sejam elas humanitárias ou de cunho profissional, estamos insatisfeitos com a condução da Copa América pela Conmebol, fosse ela sediada tardiamente no Chile ou mesmo no Brasil”, explicam os atletas da ‘canarinha’.

“Todos os factos recentes nos levam a acreditar num processo inadequado”, frisaram os jogadores.

Ainda assim, os jogadores lembram que são trabalhadores e profissionais de futebol e que têm “uma missão a cumprir com a histórica camisa verde-amarela penta campeã do mundo”.

“Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à Selecção Brasileira”, concluíram.

A próxima edição da Copa América seria organizada de forma conjunta pela Argentina e pela Colômbia, mas os dois países, por diversas razões, desistiram de organizar o torneio, pelo que a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) confiou então a missão ao Brasil, embora seja um dos países mais afectados pela pandemia em todo o mundo.

Inforpress/Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos